Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO: COMEÇOU A CORRIDA - OU APENAS UM CASO DE 'FALSA PARTIDA'?

Os (poucos) valonguenses presentes na reunião pública de Câmara de hoje, sabendo ao que iam - uma agenda extensa mas pouca apelativa em relação ao conteúdo - não deram por inteiramente perdido o seu tempo.

 

Expliquemos porquê:

 

Ficamos a saber que finalmente, a oposição - ou pelo menos uma parte da mais preparada e mais interventiva - já é chamada a colaborar na elaboração dos documentos a serem presentes à reunião de Câmara. Foi por exemplo o caso do Regulamento sobre os transportes escolares.

 

Ficamos ainda a saber que no que toca a distribuição de pelouros, tudo se mantém (ainda) numa espécie de limbo, onde o (súper) Presidente vai gerindo (por enquanto) quase tudo.

 

Por último e tomando à letra aquela célebre frase de Fernando Melo (na Câmara existem 4 eleitos que 'trabalham' e 5 que 'estorvam') - ficamos a saber que esta co-relação se terá alterado também em desfavor do executivo:

 

Arnaldo Soares passou claramente para o lado dos que 'estorvam' e fez questão de o deixar claro em duas situações concretas:

A primeira, na crítica implícita que fez em relação à sua marginalização por parte da Câmara, por lhe ter feito chegar já quase em cima da reunião os projectos de Regulamentos hoje em discussão - transportes escolares, alimentação escolar e outros - ao contrário da oposição, que como já disse atrás, até colaborou na sua redacção.

 

A segunda, ao pedir para que estes regulamentos fossem votados em separado e não em grupo, como estava previsto, porque tinha críticas sobre um deles - o referente aos transportes escolares.

E tanto que tinha, que as fez de forma clara quando chegou a sua vez, referindo nomeadamente como exemplo o caso de Alfena, onde a distância de referência do aluno em relação à escola, que é de 4 quilómeros, deixará uma grande maioria, claramente fora deste tipo de apoios.

Nas entrelinhas - mas claramente detectada pelos Vereadores da Coragem de Mudar - deixou a crítica ao tratamento desigual que a Câmara deu, no ano escolar que agora termina, em relação a Sobrado e a Alfena.

 

Percebe-se - percebemos todos - que Arnaldo Soares já está em plena pré-campanha, seja lá para que Órgão for - Valongo ou Freguesia de Alfena - Alfena onde aliás, ocorrem amanhã eleições para o PSD (mas a propósito de quê é que eu venho  agora com isto?) e onde concorre uma lista única que integra a maioria dos 'homens ilustres' deste Partido - incluindo o 'opositor de estimação' de Arnaldo Soares e ex-Presidente de Junta, Guilherme Roque.

 

Parece que a 'ameaça' latente já levou o actual líder laranja local e número dois da Junta a devolver o seu cartão do partido  e a retirar-se para a 'zona de sombra'.

Quem pensava que a 'procissão ainda vinha longe do adro' vai ter de alargar um pouco a passada se não quiser perder o contacto com a 'cabeça do pelotão'...

publicado às 13:18

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D