Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

DEI SANGUE - MAS SOB PROTESTO SENHOR MINISTRO!

E Pronto!

Missão cumprida - com uma visita ao Intituto Português do Sangue e da Transplantação (Centro Regional de Sangue do Porto).

Uns minutos confortáveis na 'quase horizontal' a ver a minha dádiva a ser controlada pela balança oscilante e 460 cc depois de me 'libertar' do precioso líquido (apesar de não ter a cor azul) há uma espécie de magia que nos toca, ao imaginarmos o percurso inverso que ele um dia destes fará para ajudar a manter a vida a alguém que nunca nos conhecerá nem nós chegaremos a conhecer.

Vale a pena pensarmos todos - os que o possam fazer - neste gesto.

Hoje fi-lo mentalmente sob protesto - que o ministro da saúde até merecia que o tivesse expressado sob a forma escrita!

É uma 'estalada de luva branca' esta que hoje quero que registe senhor ministro:

Os dadores de sangue e os bombeiros, são pessoas em princípio saudáveis e portanto, o resultado do corte das taxas moderadoras é puramente simbólico - simbólico no pior sentido, mesmo ofensivo, diria eu!

Mas pronto, não sei se entre as suas preocupações se conta também a de ser dador de sangue - que ministro também pode fazê-lo - mas se um dia precisar de o receber, pode ser que se  'cruze' com o meu.

Se for o caso, 'encontrará nele' este voto de protesto que não terá no entanto, qualquer efeito nocivo sobre a sua saúde!


PS: e-mail de protesto enviado ao ministro da saúde sobre este mesmo assunto - que não sou de 'levar desaforo para casa':

 

Boa tarde,
Para conhecimento - e também para um formal protesto - junto a ligação para uma publicação de hoje no meu blogue pessoal.
Numa altura em que, em boa verdade e como hoje mais uma vez pude constatar, os Serviços ligados ao Instituto Português do Sangue e da Transplantação fazem tudo o que é humanamente possível, inexcedíveis na competência e na simpatia, para aumentarem o número de dádivas de sangue, o nosso governo e o senhor ministro, fazem o 'favor de remar contra a maré' com a questão das taxas moderadoras (dadores e bombeiros).
Não vai ser seguramente por isso que os dadores e os bombeiros deixarão de corresponder ao apelo, não do senhor ministro, mas de todos os que precisam de nós, mas também não iremos calar o nosso grito de revolta perante o insensato e injustificado gesto!


(segue-se o link para este post e o habitual 'com os melhores cumprimentos'...)

publicado às 13:03

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D