Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

SUPER ESPECIAL DE ALFENA - PELO MEIO DAS CASAS E SEM PROTECÇÃO?

Nada contra a prova em si - Rali de Alfena - antes pelo contrário: dá visibilidade à nossa cidade, traz pessoas de outras localidades para nos visitarem, promove a nossa imagem...

Pensando melhor, é aqui - na promoção da imagem da nossa imagem - que residem as minhas reticências:

A prova comporta uma 'Super Especial Alfena'  - ver recorte abaixo - toda ela em percurso urbano, que inclui troços da Rua da Várzea Rua Nª Senhora da Piedade, Av. Padre Nuno Cardoso, rotunda do Mini Preço e por mais estranho que possa parecer às pessoas que costumam organizar estas coisas de forma cuidada, a esta 'distância do campeonato', a GNR já deu o seu parecer favorável - mesmo sabendo que a prova não está ainda licenciada e só vai a reunião de Câmara na próxima quinta feira e sabendo ainda, que nesta altura, só por um acto de pura magia é que seria possível transformar esta 'especial' que tem lugar no sábado à noite e se repete no domingo de manhã, num percurso seguro.

 

Estamos a falar de segurança e por isso se lamenta - mais do que isso, critica-se -  que a autoridade máxima nesta área, em termos locais - a GNR de Alfena -  nos dê esta imagem de puro amadorismo, sem auscultar as forças vivas da cidade - há deputados eleitos na Assembleia de Freguesia, há moradores que podem ter necessidades especiais que os obriguem a ter de sair no período abrangido pela prova -  sem questionar a própria Câmara, no fundo, deixando de fazer quase tudo o que devia ter feito e não fez e admitindo como bons e inquestionáveis, todos argumentos aduzidos pelos organizadores e respectivos patrocinadores.

 

E não nos venha o comandante de posto dizer, como hoje o fez quando o questionei telefonicamente sobre o assunto, que estes  ("os organizadores) tinham tudo controlado e tomariam todas as precauções em termos de segurança".

Quem tem de estabelecer as regras, é a autoridade e não quem organiza!

- Estaremos por acaso a falar de precauções do género de colocarem 'baias metálicas' entretanto já solicitadas à Câmara, ao longo dos passeios? É que se é disso que falamos, só se o rali é de bicicletas ou de pessoas a correr a pé - ou então alguém está numa de 'brincadeira de mau gosto' connosco!

Esperemos por isso, que na reunião pública de Câmara da próxima quinta feira,  impere o bom senso e como todos sabemos que já não há tempo para para 'inventar segurança', a Câmara não dê o seu aval a esta 'Super Especial Alfena' -  a bem dos cidadãos e assumindo uma atitude preventiva e responsável, que pelos vistos, os da terra e mais próximos, não levaram em linha de conta.

Quanto ao resto da prova, nada de especial a apontar - pelo menos não nos chegaram preocupações relevantes a merecerem atenção.

O recorte da 'Especial' - assinalado a cor de rosa:

publicado às 22:06

2 comentários

  • Imagem de perfil

    cneves 02.09.2012

    Oh João Ferraz!
    Então o que eu estive a ver ontem a passar à minha porta a partir das 22 horas - Rua da Várzea - e vou voltar a ver daqui a cerca de uma hora, chame-lhe você super especial' ou outra coisa qualquer, não é corrida?
    E a aflição dos voluntários a escorraçar os animais domésticos - cães e gatos - que com o barulho andavam todos de 'cabeça perdida às voltas no meio da rua não representou nenhum perigo?
    E mesmo o rali propriamente dito não entra em zonas urbanas?
    Eu sei que os patrocinadores gostam de ter sempre uma componente de risco pelo meio - quanto mais não seja para justificar o montante dos seus patrocínios, mas Alfena, Santo Tirso e Maia teriam - Alfena tem seguramente - tantos outros sítios onde fazer isto sem barricar as pessoas dentro de portas à espera do fim do divertimento de uns poucos.
    Não foi o meu caso, mas na minha rua conheço um casal, que trabalhando a senhora num café próximo, teve que esperar pela meia noite, para poder regressar - a pé - para junto do marido e dos filhos.
    Porra! Não tente atirar-me com areia para os olhos!
    Eu espero - sinceramente - que tudo corra sem incidentes, mas acredite que ainda muita tinta há-de correr sobre esta insanidade, sobretudo a das super especiais cidade de Alfena - que só serviram para massajar o ego de uns poucos que a gente conhece bem e para tirar fotografias 'para memória futura'!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D