Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

PORTUGAL E OS NOVOS 'ESCRAVOS'...

Ouvi hoje num dos repetitivos noticiários dos vários canais de TV - ou terei lido algures aqui na Rede, numa qualquer versão online de um qualquer Jornal daqueles que já não precisam de jornalistas para redigir as notícias? - que havia professores no ensino superior a darem aulas a 5€ à hora.

 

Fui apanhado meio distraído já a meio da notícia e pensei que estariam a falar da equipe das limpezas lá da Universidade. Até comentei com a minha consorte "sempre são mais 50 cêntimos do que pagamos à D.ª Fátima" (a senhora que vem cá a casa 6 horas por semana).
 
Mas não!
 
Porque não gosto de ficar com dúvidas, procurei - no Google encontramos (quase) tudo que vai acontecendo no mundo e arredores e acabei por encontrar a notícia - afinal na tal versão online do Correio da Manhã - e não é sobre 'prestação de serviços de limpeza', mas de professores! E refere ainda a mesma, haver professores alegadamente em regime de tempo parcial a auferir 'vencimentos' de 600 € mensais, só que praticando na maioria dos casos, horários completos!
 
Este é pois o País que forma os nossos jovens recorrendo a 'mão de obra escrava'.
Este é um País que afinal oferece oportunidades aos seus melhores: a sopa dos pobres em troca do prazer que lhes proporciona de poderem ensinar os futuros ministros, presidentes da República, magistrados, traficantes de influências, corruptores activos e passivos, boys destinados a alimentar os gabinetes dos governantes.

Afinal e ao contrário do que escreveu aquele jovem enfermeiro, na carta que dirigiu ao 'supremo magistrado' antes de emigrar para Inglaterra, ninguém é obrigado a partir: 5 € à hora (dependendo do número de horas que consigam acumular num mês de trabalho) ou 600 € mensais, estão já um bom bocado acima do salário mínimo nacional, para além de que temos de começar a pôr de lado alguns péssimos hábitos que fomos adquirindo ao longo de anos e anos de 'vacas gordas': comer todos os dias, chegando às vezes ao cúmulo de fazer 3 refeições, viver numa casa 'normal' quando existem tendas de campismo bem confortáveis, usar transportes de e para o trabalho, quando os médicos nos aconselham a caminhar...

Portugal - os seus governantes - tão criticados nos últimos tempos por nos estarem a roubar e a matar à fome, estão afinal preocupados com o nosso bem estar e com a nossa saúde e sobretudo, apostados em nos ajudarem a alterar estilos de vida profundamente errados.
 
Hoje senti-me feliz por ter sido 'tocado pela luz' e ter percebido isso:

Como sempre, inovamos mais uma vez: reintroduzimos a escravatura, mas damos formação superior aos novos escravos para que possam ensinar de forma baratinha os nossos jovens e futuros esclavagistas!
publicado às 21:41

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D