Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

FALEM AGORA OU CALEM-SE PARA SEMPRE...

 

In: Jornal  Verdadeiro Olhar:

(...)


Pois...

E nós também acreditamos no Papá Noel!

Agora, depois do mal consumado, enviados os recados todos a quem tinha que decidir, feitas as contas do tacticismo partidário e analisada à lupa a configuração que mais servia os 'interesses laranja' até já não se hesita em crucificar o Presidente da Assembleia Municipal!

E aqui, estou completamente à vontade para falar no assunto, pois já aqui deixei as merecidas críticas ao Engº. Campos Cunha, presidente da Assembleia Municipal, por ter aceitado integrar a UTRAT, por nela ter defendido a 'encomenda' que levava.

Ao que parece e segundo as suas próprias palavras, nos dias que antecederam a polémica decisão, as pressões foram mais que muitas...

Não foi nada bonito aquele coro de vozes angelicais a 'cantar' em uníssono na última Assembleia Municipal extraordinária, "mata, mata, mata", sabendo que Campos Cunha naquele dia não podia 'soltar o verbo'!

Mas exactamente por isso, é que não podemos assistir sem revolta este 'coro celestial' em que João Paulo Baltazar dá o tom - porque o tom não bate certo nem com a letra nem com a música e porque ele não nos está a contar a história toda, nem nada que se pareça!

João Paulo Baltazar vai estranhar que eu volte a este assunto, depois de me ter garantido de forma veemente, nunca ter defendido em lado nenhum nem de nenhuma forma, esta irracional agregação. Como não gosto de voltar a assuntos sobre os quais não tenha dados novos, este post sinaliza de forma clara, que provavelmente vamos ter de dizer publicamente aquela frase "que falem agora ou se calem para sempre" - e tudo indica que falarão.

É que às vezes, nas reuniões entre apaniguados mono colores a confidencialidade corre mais riscos do que aquele que decorre dos conspirativos encontros bilaterais. 

 

 

 

publicado às 19:41

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D