Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO - AS VERDADES QUE NUNCA NOS DIRÃO...

 

 

Voltemos ainda à Assembleia Municipal do passado dia 28 de Dezembro:

 

Não fora a disponibilização do meu amigo e correligionário associativo José Manuel Pereira,  na reunião prévia do grupo de apoio aos eleitos realizada no dia anterior - a tal obrigação prevista no Regulamento Interno que 'suas santidades' os vereadores eleitos pela Coragem de Mudar e agora declaradamente independentes deixaram de cumprir - para fazer uma intervenção sobre o assunto no período 'antes da ordem de trabalhos', perdendo-se depois na sua habitual divagação humorística sem tocar no cerne da questão e eu ter-me-ia inscrito no ponto reservado ao público, para questionar o Presidente da Assembleia, Eng.º Campos Cunha sobre as seguintes questões:

 

i. Quem é que exerceu sobre ele 'pressões inaceitáveis para que decidisse de determinada maneira no seio da UTRAT sobre a agregação de freguesias em Valongo?' - conforme referiu num intervalo da Assembleia extraordinária, perante mim, o Dr. João Castro Neves e outras pessoas que estavam junto de nós.

ii. Confirma ou não o Eng.º Campos Cunha ter sido convidado pelo presidente da Junta de Sobrado para um pequeno almoço, no sentido de o sensibilizar para a importância de deixar Sobrado de fora da agregação - embora não excluísse qualquer outra hipótese?

 

Ao Presidente da Câmara, Dr. João Paulo Baltazar, tardiamente assumido(?) como um paladino da crítica à insanidade de Relvas sobre a agregação de freguesias, eu colocaria a seguinte questão:

 

iii. Porque é que antes da 'versão paladino', andou a defender - em fóruns laranja - a estratégia arrevesada que veio a vingar e que contraria a própria lei idiota do idiota Miguel Relvas?


Ah! E não adianta tentar a fuga para a frente dizendo que "é mentira e que, blábláblá, pode ter até feito algum comentário irónico que tenha sido mal interpretado", porque o que realmente aconteceu, não foi nada disso mas sim a defesa estratégica do reforço do PSD com a configuração que veio a ser aprovada evitando por outro lado a situação inversa - o reforço do PS, caso a configuração natural(?) que resultaria da dita lei idiota fosse por diante!


Portanto, João Paulo Baltazar e o PSD bem podem gritar aos quatro ventos a sua 'revolta' perante a decidida agregação de Campo e Sobrado, porque ele sabe que nós sabemos que ele nunca esteve 'de alma e coração' contra a agregação - esteve sim, contra uma determinada agregação demasiado 'rosa', ao contrário da maioria dos valonguenses para quem qualquer fusão foi sempre considerada um profundo disparate!

 

Basicamente, isto era o que eu tencionava abordar sinteticamente no ponto reservado ao público, na Assembleia Municipal do dia 28 e que não pude fazer - convencido que o Zé Manel o faria por mim.

 

Portanto, caro Zé Manel, ficas-me a dever esta - mas acho que já não vamos a tempo! 

 

 

publicado às 21:30

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D