Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

PROMISCUIDADES NA CÂMARA DE VALONGO - AFINAL ELAS EXISTEM!

Acabei de tomar conhecimento da informação oficial da Entidade das Contas e Financiamento dos Partidos, que a seguir reproduzo e onde a questão tão empolada pelo presidente da Câmara e igualmente presidente da Comissão Concelhia deste Partido, autorizando - nesta última qualidade - que fosse paga a ele próprio - na qualidade referida em primeiro lugar - uma factura de um infomail de boas festas enviado por ele próprio aos valonguenses, na qualidade de... "João Paulo Baltazar, presidente da Câmara Municipal de Valongo".
Muito confusos? Não faz mal, pois logo perceberão, uma vez que este assunto ainda vai dar muito que falar!

Dada a natureza pública do assunto, passo a dar conhecimento da resposta da Presidente da Entidade das Contas e Financiamentos Politicos que dá razão ao PS Valongo


Exmºs. Senhores ( )

Quanto à questão colocada, é opinião da Presidente da ECFP que a mensagem natalícia do presidente da Câmara de Valongo anexa ao e-mail enviado à ECFP traduz, quanto ao conteúdo, ao subscritor e aos destinatários, inequivocamente uma comunicação relativa ao município, não constituindo pois um ato típico de propaganda partidária cujo custo deve ser suportado pelo partido político. 

Ainda que a intenção de atribuir o custo dessa mensagem ao PSD possa à primeira vista ser considerada bem intencionadamente como um ato de isenção, tal não corresponde à rigorosa separação que legalmente deve ser feita entre os custos da atividade camarária que ao Tribunal de Contas compete fiscalizar e os custos da atividade político-eleitoral-partidária que à ECFP cabe controlar. 

Esperando ter contribuído para o esclarecimento do assunto, e sem embargo de melhor opinião, subscrevo-me com cordiais cumprimentos 

Margarida Salema d’Oliveira Martins 
Presidente da ECFP (...)
publicado às 19:30

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D