Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO - SERVIÇO PÚBLICO...

 

Próximo dia 7 de Março, 10 horas, reunião de Câmara, desta vez com alguns pontos de interesse e com dois seguramente polémicos Ponto 6 (Regulamento Municipal de Publicidade, Propaganda Política e Eleitoral e Ocupação do Espaço Público).


Ponto 3 - um verdadeiro exemplo de como os princípios às vezes são parecidos com as vulgares camisas: há quem acuse os outros de as mudarem vezes demais e sem necessidade, quando eles nem sequer tinham pensado em o fazer e depois de repente, aparecem-nos vestindo-as diferentes das de 'horas atrás' e ainda por cima, de cores estranhas, só porque estavam em saldo e não conseguiram resistir"é comprar, é comprar minha gente! Promoção única!" (ver PS_2).



Mas vamos à questão do Regulamento.


De facto, sendo a Câmara de Valongo uma das mais desatentas em relação a esta problemática, tendo convivido durante anos com situações de publicidade verdadeiramente anárquicas e em muitos casos claramente abusivas que colocavam em causa a qualidade de vida dos cidadãos, alguma vez teria de pegar nesta questão. Fá-lo agora por imperativos legais - 
DL 142/2012 de 11 de Junho. Parece que ao contrário do que inicialmente escrevi e agora acabo de confirmar que não é verdade, na parte que se refere à propaganda política e partidária, afinal mantém-se inalterado o anterior

Isto anula desde logo uma das críticas que fiz em relação ao timing escolhido e a designação que também utilizei - 'regulamentação direccionada', mas coloca por outro lado, questões novas e ainda não totalmente derimidas no seio da Comissão Nacional de Eleições - no Porto, por exemplo, em todas as campanhas eleitorais surgem problemas com a imposição de critérios que muitas vezes visam apenas limitar a capacidade daqueles que não estando no poder, têm muito menos possibilidades de fazer passar as suas mensagens eleitorais.


Por outro lado, ao longo dos últimos anos, o Regulamento existente - nesta vertente política e partidária - nunca foi cumprido por ninguém - quem não se lembra de em 2009 ver o outdoor gigante a ocupar metade no passeio estreito junto à rotunda de S. Vicente em Alfena, impedindo a passagem de um simples carrinho de bébé, ou a proliferação de idênticos suportes - do PSD e de outras forças, incluindo a Coragem de Mudar, nos locais referenciados nas plantas anexas ao Regulamento?


É claro que se percebe que tendo João Paulo Baltazar partido atrasado (ver PS_1), não lhe agradará por aí além ver alguns lugares mais interessantes já ocupados pelos adversários, mas para ser inteiramente justo, não devo fazer aqui nenhuma acusação directa de escondidas intenções - nem a ele e muito menos, ao autor do Regulamento agora proposto.


No entanto, chamo a atenção para um histórico de 18 anos de incumprimento e para um outro facto muito relevante que a CNE nunca deixou de ter em conta: A publicidade de campanhas eleitorais abrange um período muito limitado em termos de calendário e não pode - e mesmo que pudesse não devia - ser equiparada à publicidade privada do tipo comercial ou outro que polui ao longo do ano inteiro, os ditos espaços mais nobres das nossas cidades, vilas e lugares!


Se na reunião de quinta feira - e no que à publicidade político partidária - a Câmara não introduzir uma cláusula de excepção que contemple o próximo acto eleitoral, deixará cair completamente a máscara sobre aquelas que são as suas verdadeiras intenções ao atirar-nos ostensivamente com esta proposta de Regulamento!


E nem sequer faço juízos de valor sobre o seu conteúdo concreto, o qual até pode ser o melhor.


PS_1:

Acabei de saber que João Paulo Baltazar já é candidato do PSD. Não altera no essencial o sentido do que acabo de escrever, uma vez que acabando de chegar, tem que começar apenas agora a 'plantar' imagens...


PS_2:


 

(...)


publicado às 12:38

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D