Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

UNIDOS por ALFENA - UM PROJECTO QUE 'JÁ ERA'!

Ontem foi dia de reunião pública da Junta de Freguesia de Alfena e como de costume lá estive.

Só que desta vez e como já se vinha adivinhando desde há duas reuniões atrás, a plateia, que é como quem diz o público alfenense que não costuma ser muito mas ontem encheu o espaço, teve direito a espectáculo!

Triste espectáculo diga-se, presenciado para memória futura por uma jornalista do Jornal Verdadeiro Olhar, com peixeirada, retirada de confiança ao presidente, utilização de expressões edificantes como 'você está a mentir', 'és burro és', 'estamos fartos de ser enganados', 'ponha mas é a proposta à votação que o assunto está mais que discutido'.

Tudo isto, no grupo dos cinco, Unidos até há pouco mas agora decompostos - e a expressão talvez possa ser mesmo usada no sentido literal - assumindo uma configuração de 3 por 2. 

Fica-me a dúvida sobre quais serão de entre todas, as rodas motrizes que movem a actual geringonça.

Triste figura fizeram os pupilos de Arnaldo Soares, fisicamente presente e com o sorriso plastificado do costume, mas que se limitou a pairar espiritualmente sobre o farmacêutico, sobre a senhora da acção social com vocação para psicóloga e gerente da AVA - uma IPSS que segundo ela, não tem que prestar contas a ninguém relativamente à actividade que desenvolve e por último, sobre o homem cuja função conhecida - em termos de trabalho autárquico - se reduz à gestão da mentalidade subsídio dependente de algumas associações, o que lhe permite depois, elaborar detalhados relatórios descritivos acerca das actividades em que a sua participação se confina ao encaminhamento dos meios materiais e humanos da junta para o apoio logístico dos eventos e à presença depois, já devidamente engravatado, no desenrolar dos mesmos.

O motivo da peixeirada de ontem, residiu - e pela terceira vez que me recorde, mas não a última seguramente - na discordância entre o que a Câmara quer fazer com o projecto de requalificação do espaço sob o viaduto da A41 e o que as 3 alminhas pretendem que se faça. 

Basicamente e lançando mão de uma expressão brejeira,  eles continuam a acreditar que é 'licito fazer filhos em mulher alheia' sem correr riscos, enquanto a Câmara, Rogério Palhau e António Peixoto, assumem uma postura mais cautelosa - quem diria? -  sabendo todos eles e nós também,  que aquela é uma área de terrenos movediços onde cada Euro enterrado corre o risco de ir parar ao Leça mesmo antes da próxima cheia!

Querem as 3 alminhas mais o do sorriso de plástico, que João Paulo Baltazar se comprometa com o projecto inicial e apresentaram - pasmemos todos! - uma espécie de Moção desalinhada exigindo da Câmara cópia do Projecto e informação sobre os valores envolvidos.

Eu que não sou devoto de João Paulo Baltazar e não me sinto especialmente vocacionado para lhe dar conselhos, perante este tipo de postura mandava mesmo o projecto às malvas - ou então e se o papel chegasse, embrulhava com ele 'o mestre-escola, a professora-socióloga, o farmacêutico que já fala e o tarefeiro associativo' e despachava-os por correio azul rumo a uma das muitas estâncias balneares situadas nas margens do Leça - entre Monte Córdova e Leixões, deverá existir alguma com dignidade suficiente para os acolher!

Os Unidos por Alfena tiveram o seu momento de glória mas como a água não passa duas vezes debaixo da mesma ponte, iniciaram ontem o percurso inverso rumo ao nada, rumo ao limbo onde os aguarda o antigo mentor de sorriso de plástico e de mãos vazias - tão vazias como vazio ficou o balão de que se travestiu para rumar ao tecto do mundo e de onde desceu aos trabolhões para ocupar o seu lugar cativo de mestre-escola.

Ontem, se eu por hipótese absurda não tivesse mais nenhum projecto para apoiar em Alfena, só poderia escolher o lado minoritário, o dos dois recém-regressados ao PSD. Esses ao menos são coerentes no discurso e na escolha do lado em que se colocam (ou onde sempre estiveram).

Já os 3 da vida airada mais o mestre-escola esses vão ter que fazer um difícil upgrade e escolher uma nova sigla.

Que tal UpA(R) - Unidos por Alfena (Reciclados)?  

publicado às 19:50

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D