Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

MUNICÍPIO DE VALONGO - UMA 'AUTARQUIA NOVA'?

 

Socorro-me aqui, na falta de melhor exemplo, da frase engraçadíssima que 'roubei' no Facebook - obrigado Laudinha por olhares para o lado fingindo que não vias - e que coloquei aqui no recanto para início de conversa.


Pois parece que o actual presidente da Câmara - ou será que devo dizer o candidato a futuro presidente da mesma? - pese embora o facto inegável de alguns dos seus 'inimigos de estimação' apresentarem, infelizmente para os próprios, um ar demasiado rotundo os anda a confundir com 'rotundas' e é claro a tentar dar-lhes a volta...

 

Vem isto a propósito do anúncio colocado na página do Município no Facebook, falando na mudança da imagem deste e juntando-lhe um slogan bem pouco convincente para quem conhece o seu passado dos últimos e desgraçados anos ao lado de Fernando Melo: 'LIGADO A SI'... 


(Abro um parêntesis para o questionar sobre quem é que vai pagar a factura desta claríssima acção de campanha - aliás, segundo tudo indica, o início da mesma: A Câmara-ou-novamente-o-PSD-como-no-caso-da-outra-factura-que-iria-dar-origem-a-um-processo-judicial-do-qual-nunca-mais-ninguém-ouviu-falar-e-cujo-produto-se-o-mesmo-fosse-ganho-reverteria-a-favor-de-uma-Instituição-de-Solidariedade?-fechar  parêntesis).


Mas o candidato está pouco à vontade nesta tentativa de nos 'dar a volta' pois em vez de uma única passagem na 'rotunda', optou por duas voltas: uma por fora, para os valonguenses comuns e uma outra, claramente por dentro tentando 'abalroar' os colaboradores da autarquia.

Vai ter de ligar o 'pisca' e fazer um passagem suplementar para conseguir sair. São as regras do código de estrada que nem um coroado consegue contornar...

 

Estranho - ou talvez nem tanto - é o facto da volta por fora ter sido feita de uma forma substancialmente diferente daquela que fez por dentro e estranha ainda, é a necessidade que sentiu de anunciar e explicar aos colaboradores o inusitado upgrade - apesar do mesmo ser "o resultado de um trabalho totalmente concebido internamente".

Talvez nem todos os colaboradores tivessem reparado na azáfama que resultou neste... estranho resultado final e é claro que se corria o risco de que alguns, confrontados com mudança tão 'radical', pensassem que se tinham enganado na estrada e tivessem ido parar a outro Município - afinal existem outros 'Valongos'!

Nesta volta 'por dentro' ele fala aos colaboradores numa nova autarquia, o que também não deixa de ser estranho, pois eles deveriam ter sido os primeiros a dar por isso.

 

Já na volta por fora, a entrada na 'rotunda' é mais soft e fala apenas numa nova imagem, embora nas duas - ver recortes abaixo - ele coloque a ênfase no slogan 'LIGADO A SI' - uma ligação estranha, porque por mais testes que façamos, não detectamos nenhuma 'passagem de corrente'.

 

As diferenças parecem incipientes? Parecem, mas de facto não são!

 

Aos funcionários, ele pode afirmar que criou uma 'nova autarquia' e eles seguramente vão fingir que acreditam, acenando com a cabeça.


(Até pode acontecer que alguns acreditem mesmo).


Mas já quanto aos valonguenses, ele sabe que não pode ir tão longe, pois não tem com eles nenhum contrato de trabalho que os 'obrigue a acreditar'...


A volta por fora 

 


A volta por dentro e sem 'pisca'...

 

 

 

 

publicado às 22:35

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D