Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

O PRESIDENTE DA CÂMARA DE VALONGO E A BATALHA (NAVAL) PERDIDA...

O presidente da Câmara de Valongo deve ter um 'enguiço' qualquer, espécie de 'toque de Midas' ao contrário e que faz com que tudo aquilo em que toca - e não duvidamos que uma vez por outra até o faça com as melhores intenções - vire sapo, jóia de pechisbeque, resíduo sólido, coisa inútil ou mesmo nefasta...

 

Tentando fazer a diferença em relação certos políticos que nos 'arrasam' - tentam-no pelo menos - com aqueles currículo do tamanho de uma obra do José Rodrigues dos Santos - eis que lhe sai 'aquela coisa' pífia como apresentação da sua candidatura ...

Como é mesmo o sinónimo de paupérrima?


Tiro na água!

 

Tenta arranjar um adjunto à medida dos novos desafios que nos prometeu - que os doutores das 'novas oportunidades'  de Melo já deram o que tinham a dar - e eis que lhe sai um especialista em doçarias regionais e ciências afins que pouco ou nenhum valor acrescentado conseguiu trazer à coisa nenhuma que ele nos oferecia à partida.


Tiro na água!

 

Tenta encontrar um órgão oficial de regime que lhe faça a promoção de imagem, que relate de forma panegírica o muito que sonha fazer por Valongo e omita ou disfarce o muito pouco que entretanto vai fazendo - não se poupando a despesas para o conseguir - e sai-lhe o jornal ilegal, o pasquim em que os herdeiros do fundador transformaram o CORREIO DO DOURO - um jornal 'clandestino' com o registo cancelado na ERC e sujeito a pesadas coimas por estar a ser editado de forma irregular.


Tiro na água!

 

Recebeu uma parcela de terreno destinada à construção da nova Unidade de Saúde Familiar de Alfena, com a obrigação de no prazo de um ano, tratar da urbanização de toda a área e da instalação de infra-estruturas - para que a ARS Norte não tenha mais desculpas para não fazer o resto -  e depois de esticar o projecto o mais que pôde no tempo, 'encostando' o arranque das obras o mais possível à pré-campanha eleitoral, mal as mesmas começam (esta semana) logo a equipe camarária - que obras agora, só com os meios próprios da autarquia -  por sua alta recreação ou por interferência dos 'tubarões' da corrupção alfenense, resolve 'pôr a pata na poça' desatando a fazer asneira em termos ambientais, esquecendo-se de que trabalham numa área de Reserva Agrícola Nacional e que o Leça 'está ali a uns metros' com todas as condicionantes que isso implica!

Resultado: queixas várias: CCDR-N, ARH-N, DRAP-N, Tribunal Administrativo e Fiscal de Penafiel...


Tiro na água!

 

Tenta há dias um braço de ferro - usando para o efeito a 'catapulta' de dois ajudantes de campo que já representaram uma Organização com Coragem no nome e na prática política - visando a aprovação (ou seria 'reedição'?) de um Regulamento de propaganda política que é claramente inconstitucional e depois de fazer penar os deputados e o escasso público presente na última sessão da Assembleia Municipal, pondo os seus 'apêndices políticos' a papaguear uma defesa sem convicção da sua proposta, como quem lê o discurso escrito por outros e mal decorado à última hora -  e vê no fim de tudo, ele e os seus soldadinhos de chumbo e um dos 'ajudantes de campo' presente no estremo esquerdo da mesa, o 'tesourinho deprimente' ser derrotado sem apelo nem agravo?


Tiro na água!

 

Será talvez caso para dizer, que se João Paulo Baltazar quer vencer mesmo a esmagadora força do voto de protesto que se adivinha, contra a burricada que nos desgoverna e que, de tantos coices com que nos tem andado a massacrar, outros tantos a dobrar há-de seguramente receber em Outubro - para poder repartir com todos os autarcas laranja - terá de consultar uma daquelas 'mães de santo', fazer uma qualquer macumba, enfim, tentar qualquer coisa que quebre este enguiço de sequenciais tiros na água.

 

Digo eu...

publicado às 21:44

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D