Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

UNIDADE DE SAÚDE DE ALFENA - A VERDADE DA MENTIRA...

P'ra mentira ser segura
e atingir profundidade
tem de trazer à mistura
qualquer coisa de verdade.

António Aleixo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Caso para dizer que João Paulo Baltazar - presidente da Câmara de Valongo por sucessão e candidato (independente?) no próximo acto eleitoral, diz apenas a parte mais pequena da verdade, quando escreve na sua página do Facebook: "Arranque das obras, em Alfena, para preparar o terreno que cedemos à ARS-Norte para construção do Novo Centro de Saúde".


O que a câmara executa neste momento no terreno situado na Rua de S. Vicente, logo a seguir à Ponte do Penteeiro, sentido Alfena Ermesinde, equivale ao 'porco' daquela frase engraçada - "dar um chouriço em troca de um porco" - sendo que o Sr. António das Neves Pereira (Toninho do Cabo) não deu sequer o 'chouriço', uma vez que o espaço destinado ao terreno para a nova Unidade de Saúde, equivale à área de cedência normal de uma qualquer urbanização!

 

O presidente da Câmara falta pois à verdade - porque omite a parte principal da mesma - e pior do que isso, colocou uma margem de risco desnecessária sobre a execução da Unidade de Saúde por parte da ARS-Norte, ao adiar o arranque dos trabalhos para este período, aparentemente apenas por motivos eleitoralistas!

Isso porém,  serão contas de outro rosário, que esperamos bem não ter de desfiar.

 

Mas para além de tudo, será ainda importante que os alfenenses estejam atentos ao cumprimento da legalidade na execução do projecto de urbanização do Sr. António Neves Pereira, nomeadamente, garantindo que as construções respeitem a Lei em termos de zona protegida - porque o Leça passa ali a uns metros e basta uma 'cavadela ao lado' para invadir essa zona e o leito de cheia!


Aliás e em boa verdade, a obra começou mal e de forma atamancada, com queixas relacionadas com a forma errada da intervenção, não respeitando regras de boas práticas em termos de trânsito, não garantindo a segurança no que diz respeito à circulação de peões e promovendo ainda um atentado ambiental, ao proceder à deposição - entretanto travada - de entulhos em leito de cheia do Leça.

publicado às 12:12

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D