Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA VIRTUAL - O 'VALE DO LEÇA'...

 

Daqui a poucas horas, vai a reunião de Câmara uma minuta de protocolo sobre um alegado projecto pomposamente designado por 'Vale do Leça' - em Alfena.

 

É curioso como o actual presidente não eleito, de repente anda tão atencioso com Alfena e com Rogério Palhau, este a viver uma orfandade recente, abandonado que foi pelos UpA e pelo ex-amigo e ex-vereador Arnaldo Soares e agora caridosamente acolhido sob as largas abas do folgado casaco de João Paulo Baltazar.


Claro que isto acontece apenas porque se avizinha um processo eleitoral em que a 'contaminação' por contágio directo do governo mais desgraçado que Portugal já teve desde há muitos anos, mas a quem João Paulo Baltazar andou (e não sei se ainda anda) a acender 'velinhas devotas', exige que se aproveitem todas as ajudas, por mais modestas que possam parecer.

 

Por via disto e também porque o arquitecto 'honoris causa' anda outra vez muito activo - que a estagnação dos negócios em resultado directo da crise o obriga a recorrer de novo e em desespero de causa, às velhas práticas do lobbying autárquico.

E tão activo anda que quase virou emplastro do líder, um emplastro diferente é certo, porque não aparece atrás como o outro, mas ao lado, que não se limita a fazer trejeitos, mas emite sons, que não acompanha apenas, mas participa, enfim, que angaria e trabalha projectos futuros, ainda que tenha de viajar até concelhos limítrofes.

 

O protocolo que amanhã vai ser presente, será obviamente aprovado - eu penso, dada a actual correlação de forças com independentes assumidos e 'independentes escondidos'.

Se vai ou não ser levado por diante, é coisa que no momento nem sequer deve preocupar os seus promotores, desde que cumpra a sua função de desbravar caminho até Setembro próximo.

E para tal, nem sequer o pequeno(?) detalhe de se tratar de um projecto que envolve uma área REN/RAN e de ser o modesto 'chouriço' que justificará a entrega por parte da Câmara do anafado 'porco', lhe retira o impacto pretendido.

Pena é que também aqui, João Paulo Baltazar e Camilo Moreira tenham inovado demais - inventando um novo conceito de áreas de cedência ao domínio público, esta em regime de concessão por 25 anos!

 

Alfena já convive há demasiados anos com promessas eleitorais esquecidas no momento seguinte.

Foi assim com o PUCCA - quem não se lembra? - foi assim com a prometida requalificação urbana e a valorização das margens do Leça que 'resultava' do protocolo de 2001 da Quinta das Telheiras, envolvendo os mesmos protagonistas.

 

E há-de infelizmente acontecer - oxalá nos enganemos! - com este protocolo e com todas as promessas em que a especulação apareça ligada, o que é inevitável quando por detrás dos 'grandes projectos' aparece a figura do incontornável 'honoris causa'.

publicado às 23:49

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D