Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA - O COMBOIO DESCENDENTE...


No comboio descendente

Vinha tudo à gargalhada

Uns por verem rir os outros

Os outros sem ser por nada

(...)

Zeca Afonso

 

No percurso do comboio descendente de 2005 até ao presente,  o embuste em que a maioria dos alfenenses embarcaram está mais que claro e não existe nenhuma desculpa para mais uma vez, no próximo dia 29 de Setembro, embarcarem na velha 'máquina a vapor' da linha Régua/Alfena (velha neste caso, como sinónimo de demasiado conhecida) que de novo começa a movimentar-se entre a piscina reguense e a vivenda alfenense, entre a papelaria, os escritórios ou casas dos inquilinos da renda mensal garantida.

 

("Quem cabritos vende e cabras não tem... do Ministério da Educação lhe vem?")

 

O senhor doutor

Irradia simpatia

RSI e muita alegria

Nem parece professor

 

Sabemos ao que vem

Sabemos com quem

Sabemos porquê

E também para quê

 

À primeira falhou

Reforçou na segunda

Até virar a bunda

A quem nele acreditou

 

Arnaldo Soares virou a bunda, mas não aqueceu o lugar onde a sentou, porque os requisitos e o 'caderno de encargos' de Fernando Melo e João Paulo Baltazar eram demasiado exigentes para as suas modestas competências de aprendiz na arte de transformar em ouro as xistosas terras de Valongo.

Esgotadas as suas capacidades para corresponder às expectativas nele depositadas, não teve outro remédio senão regressar, qual filho pródigo, ao seio da família de acolhimento alfenense que abandonou em 2009 e que fazendo jus ao nome, o acolheu mais uma vez de braços abertos.

Envergada uma vez mais a já coçada t-sirt de "independente" - com umas "aspas" enormes - ei-lo de novo, com o requentado e incumprido projecto de 2005 a tiracolo, o plástico sorriso afivelado, a carteira dos trocos para os cafés da angariação ou para ocasional esmola de retorno sugerido (na forma de cruzinha, evidentemente).

Atrelada, traz a tralha do costume: apoio farmacêutico, marketing imobiliário, órfãos da política, garimpeiros da 'Fonte da Prata' e tudo o mais sobre o qual já falamos demais.

 

'Na primeira, quem quer cai, na segunda cai quer quer e na terceira só cai quem é..."

 

Será que alguém é? 

 

 

 

publicado às 10:34

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D