Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO - 'TIME IS MONEY'...

'Time is money', dizem os ingleses...

Mas se o tempo é dinheiro, a forma de o medir pode ser tanto mais rigorosa, quanto maior for a qualidade do 'instrumento de medida' e quanto maior for o rigor pretendido, maior o investimento que teremos de fazer na escolha desse(s) instrumento(s).

 

Vítor Sá, arquitecto, Director do Departamento de Planeamento e Gestão Urbanística da Câmara de Valongo, condenado por corrupção a cerca de 3 anos e meio de prisão com pena suspensa - sentença que se encontra em fase de recurso - vai deixar a Câmara e rumar à CCDR-N (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte.

 

Duas boas notícias - para Valongo e para a CCDR-N

 

Para Valongo, porque quanto menos tralha associada às 'melofeitorias' existir na casa de Vallis Longus, onde o espaço já não abunda, tamanha a concentração de boys, familiares e amigos de quem manda (ou já mandou) no nosso Concelho, menor será o risco de atropelos (à lei).

E também porque já começava a incomodar o 'tique-tac' que nos últimos anos se fazia notar para os lados do Urbanismo quando o silêncio era mais acentuado.

 

Para a CCDR-N, porque ganha um excelente técnico e um excelente 'lobbista' para uma área de actividade em que o Urbanismo 'por vezes' colide irremediavelmente com o ambiente e a qualidade de vida dos cidadãos e onde a 'capacidade de perfuração argumentativa' poderá fazer a diferença.

Mas seguramente, a área onde o nosso arquitecto mais se fará notar, será a da pontualidade: consta-se que levará com ele para o seu gabinete na CCDR-N, aquele 'mostruário' de 'indicadores horários' de última geração, onde a ínfima margem de erro de cada um pode ser corrigida pelo seguinte - por ordem crescente do respectivo 'valor facial' - quase até ao infinito.

 

Perdemos portanto um bom técnico municipal mas ganhamos um excelente ... técnico, pois então, que me escapava a palavra, para ajudar a promover as boas políticas de uma entidade onde o valor da definição 'boas' tem decaído nos últimos anos de forma significativa.

 

E quem sabe, alguns dos projectos de Valongo e Alfena ali encalhados possam ser resgatados  (ainda) com vida! 

publicado às 14:18

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D