Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

SEC - SOCIEDADE DE EMPREITADAS E CONSTRUÇÕES, UMA EMPRESA SOCIALMENTE IRRESPONSÁVEL!

 

Já aqui andei a escrever sobre uma das empresas mais conhecidas de Alfena no ramo da construção civil, a SEC - Sociedade de Empreitadas e Construções de Almerindo Carneiro.


Bem, Alfena é como quem diz, porque depois de de se ter transferido de forma manhosa para a freguesia de Folgosa no Concelho da Maia e ter dado início a um PER (Processo Especial de Revitalização) a SEC transferiu a sua sede para Lisboa - dá sempre jeito que seja o 'longínquo' Tribunal de Comércio de Lisboa a tratar dos complicados assuntos relacionados com este processo, sobretudo quando existem trabalhadores envolvidos...

 

Por falar em trabalhadores, aqui confesso a minha ingenuidade, quando há algum tempo atrás fui abordado por um dos filhos de Almerindo Carneiro - estava eu à espera do início de uma reunião pública de Câmara - para lamentar a dureza dos meus dois artigos e para dizer de forma 'sentida' que "os nossos trabalhadores sempre foram considerados como um património da empresa" e por isso lamentava todas as vicissitudes pelas quais estavam a passar.

 

Quase me comovi e quase se comoveu também o 'pequenote Baltazar' com quem conversei sobre o assunto no terceiro post que escrevi.

Ambos embarcamos na 'canção do bandido' e no registo de vitimização com que o Sr. Artur Carneiro se apresentou na já referida abordagem.

 

Falsa era essa postura, como falsos eram os 'detalhes' que partilhou:

 

A SEC avançou com o dito PER, transferiu como já disse a sua sede para Lisboa e indicou ao mesmo tempo um administrador judicial ao Juiz encarregado do processo, nome esse que foi aceite.

 

Temos por isso na SEC e como administrador judicial, o Dr. António Seabra, (ver recortes abaixo) um nome sobejamente conhecido pelas piores razões, sobretudo pelos trabalhadores das empresas por onde tem passado.

 

Não faço, porque não possuo provas disso, qualquer associação entre o nome da pessoa e o facto de onde entra, normalmente existirem assaltos, desaparecer património, para além de outros acontecimentos anómalos do género, mas também não me coíbo de aqui dar conta dessa eventual e presumida associação.

 

A verdade, a lamentável verdade sobre a actual situação da SEC, pode ser resumida nos seguintes itens:

 

1. A empresa recebeu - e está ainda a receber - da Câmara de Valongo, importâncias que a seu tempo serão apuradas ao detalhe e com mais rigor, para liquidar dívidas relativas a trabalhos executados;

2. A empresa procedeu em Abril a um despedimento colectivo de 18 trabalhadores, sem cumprir para com os mesmos, as mais elementares regras legais, nomeadamente, os procedimentos que lhes permitiriam dar início ao seu processo de desemprego;

3. Apesar dos pagamentos atrás referidos e de ter ainda recebido o pagamento de uma importância devida pela Câmara de Fafe (se não me engano no nome) a empresa mandou os trabalhadores embora sem cumprir o aviso prévio, sem qualquer indemnização - ainda que parcial fosse - sem subsídio de férias de 2012, sem dois salários de 2013 (Março e Abril) sem subsídio de férias de 2013 e pagamento de férias não gozadas;

4. Não fez comunicação atempada dessa pretensão à DGERT (Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho);

5. Vários indícios e também o 'histórico' da personalidade escolhida para administrador judicial, alimentam a suspeita de que se prepararão eventualmente para começar a desviar património - máquinas e viaturas sobretudo - do bolo que será chamado ao 'acerto de contas' (convém no entanto que tenham em conta, que tal como por iniciativa própria procederam ao registo fotográfico do parque de máquinas e viaturas, talvez para o sub-reptício anúncio de venda, também os trabalhadores estão precavidos com esse registo);

6. Associado ou não a esta situação, mas de qualquer forma estranhamente coincidente, verificou-se um intrigante aumento do número de divórcios e de movimentações patrimoniais a nível do agregado familiar alargado;

7. A residência do fundador da empresa foi alvo recentemente, de um lamentável acto de vandalismo, com recurso a um 'coktail molotof', pretexto que serviu para a empresa acusar os trabalhadores, radicalizando ainda mais a sua posição de incumpridora - como se os trabalhadores não passassem de um bando de terroristas que andam para aí a lançar bombas a torto e a direito - esquecendo-se de que também é incumpridora para com a maioria dos seus fornecedores alguns dos quais estão à beira de entrar em falência e portanto também em muitos casos em situação desesperada. Contratou um exército de seguranças privados para fazer vigilância com o dinheiro devido aos trabalhadores que no dizer dos responsáveis da empresa, "sendo culpados devem pagar do seu bolso os guarda-costas dos que ameaçam" (!);

Desconfiam da própria sombra e pelos vistos também não confiam na polícia, preferindo esbanjar dinheiro que alegadamente não têm, para fazer face a esse acréscimo de custos pessoais.

 

Tendo em conta este relato minimalista - sim, porque posso sempre desenvolver um pouco mais' - o choradinho' com que fui brindado na tal conversa que tive com o Sr. Artur Carneiro na Câmara de Valongo, carece de consistência e não abona nada em favor de quem diz estar a sofrer tanto como os trabalhadores despedidos, ainda que tenha repetido que até está "à procura de um emprego como encarregado de obras"...

 

Uma última palavra para criticar veementemente o comportamento irresponsável e desatento da Câmara de Valongo relativamente às preocupações sociais que deveria ter quando procede a pagamentos enquadrados no PAEL, sem cuidar de averiguar qual a real situação dos credores em causa.


O caso da SEC e de Almerido Carneiro, ficará talvez como um entre muitos outros 'case study' a ter em conta nestes processos.

 

Fica ainda por esclarecer - apesar de o presidente de Câmara já ter sido solicitado a responder, por parte de um deputado municipal da Coragem de Mudar - qual o montante efectivo pago até agora directamente à SEC  e quais as formas de pagamento utilizadas - cheque, transferência bancária ou outro - dado que existem inúmeros outros pagamentos relativos a operações de 'factoring'.

 

Brevemente, conto voltar a este assunto, sendo que a 'vertente' administrador judicial António Seabra está também a ser escrutinada atentamente.

publicado às 13:32

13 comentários

  • Imagem de perfil

    cneves 24.08.2013 13:52

    Imaginemos que eu tinha uma empresa - de construção civil, por exemplo - mandava parte dos meus trabalhadores para casa, sem lhes pagar parte dos salários e subsídios, sem respeitar os seus direitos contratuais e legais e ainda por cima, os tinha enganado, pedindo-lhes para servirem de intermediários para obterem de forma mais rápida o pagamento de uma obra por parte de uma Câmara para fazer face aos compromissos com eles e depois lhes desaparecia com o dinheiro.
    Imaginemos ainda, que eu entretanto, 'borrado' de medo porque algum cliente mais aflito com as minhas dívidas, tinha perdido a paciência e teria experimentado a táctica 'cocktail molotov' para chamar a atenção e desatava a contratar 'armários' para andarem comigo para todo o lado.
    Imaginemos por último, que as minhas máquinas tinham começado a 'ganhar asas', ameaçando voar até paragens longínquas.
    Ora bem, se esta pessoa fosse eu, não estaria aqui a escrever isto, já me tinha enfiado num buraco, com vergonha de enfrentar o mundo, só que eu não me chamo nem Artur, nem Almerindo, nem o meu apelido é Carneiro!
    Força TRABALHADORES da SEC - Sociedade de Empreitadas e Construções, SA

    Celestino Neves
  • Sem imagem de perfil

    alvaro barbosa 24.08.2013 19:13

    Boa tarde.O Sr.que se identifica com o nome de Juiz,seja ele quem for,da SEC ou alguem que esteja infiltrado com dor por eles,gostava-lhe de dizer o seguinte: Para começar se tivesse os tomates no sitio identificava-se.Eu como funcionário desta empresa já comentei, identifiquei-me e em tudo me continuo-o a identificar.Pois eu sou uma das vitimas da SEC. sa de ALMERINDO CARNEIRO.Sim porque antes tinha como sócios os FILHOS:ARTUR CARNEIRO E JORGE CARNEIRO. Mas quando deu jeito,e conveniência tirou-os da sociedade,( por causa daquilo que nós sabemos).Máis, tirou bens da SEC para outras empresas: sim porque para quem naõ saiba existem mais 3 empresas deles .Saô elas: SCAC:SOCIEDADE CONSTRuÇOES ALMERINDO CARNEIRO.ERMABIT:PROMOÇÃO E GESTÃO DE BENS IMOBILIÁRIOS.A.A.J.CARNEIRO:ENGENHARIA E ÓBRAS PÚBLICAS. Como vêem, eu como Funcionário destas boas pessoas,que me devem súbsidio férias 2012,salário março e abril 2013,subsidio férias e férias não gosadas2013, COMO ME SINTO?(revoltado).Por outra para quem naõ sabe, vai ficar a saber:ainda estavam a trabalhar na CÂMARA DE FAFE ,e um fornecedor a quem a SEC devia dinheiro,farto de esperar por aquilo que era dele,resolveu um dia barrar a entrada do estaleiro do devedor.Qual a reaçaõ da SEC? O Sr.ARTUR CARNEIRO apareceu passado algum tempo no local acompanhado de vários seguranças para resolver o problema.PERGUNTO mais uma vez: há dinheiro ou naõ há dinheiro.VERGONHA.Mas como esta há muitas mais,em que o Sr. ARTUR CARNEIRO & COMPANHIAS saõ peritos neste género de coisas.Como vêem o tal Sr. juiz, ou lá quem é,porque naô me interessa, naô tem legitimidade nenhuma para dar liçoes de moral a quem quer que seja.Mas o que aqui escrevi ,naô é nada.HÁ muitas e muitas folhas que necessitariam de ser escritas.Em relaçao aquilo que li dos movimentos,entrar viaturas vazias e sairem carregadas do estaleiro da Maia,já nada me surpreende, nem duvido um pouco.MAS FICA AQUI O ALERTA para depois o Sr. ADMINISTRADOR JUDICIAL(SR.SEABRA)Naô dizer que estava para o estrangeiro,e que nao sabia de nada, que é prática corrente. E entretanto pode ser que alguém se lembre de informar diretamente o TRIBUNAL DO COMÉRCIO DE LISBOA,4º JUIZO PROCESSO 649/13.1tylsb,do que se está a passar.Nao me conseguiraô calar nem atemorizar. enquanto eu for vitima desta gente, e vir que continuam as injustiças.A naô ser que alguém me cale de forma mais abilidosa. Mas quanto a isso , naô estou preocupado,se algo me acontecer já se sabe quem foi, porque temos gente para isso ,lá isso temos e muito mais SAÔ pessoas que naô gostam de ser contrariados, e para isso saô capazes de tudo. Tenho pena de certas pessoas, a quem esta gente faz taô mal e mesmo assim ,se calam com medo.NAÕ ME CALAREI ENQUANTO NAÔ ME PAGAREM O QUE ME DEVEM.A todas as pessoas que estaô na mesma situaçaô queria dizer-lhes o seguinte:SE LUTAR-MOS ,PODERE-MOS GANHAR.SE NAÔ LUTAR-MOS naô ganha-mos de certeza.FORÇA A TODOS
  • Sem imagem de perfil

    maria 25.08.2013 01:30

    boa noite!ora bem este sr.juiz não sei do quê pelos vistos tropeçou no seu comentário,se não estava calado porque segundo ele:«não fala,quem não tem que se lhe diga»,pelos vistos tambem anda distraido com a vida alheia.as verdades são para serem ditas,e pergunto onde andam os funcionarios desta empresa?porque não lutam pelos seus direitos?anda um funcinário a falar por todos?que pouca vergonha é esta,tá tudo dentro da toca?voçês não são coelhos.parabéns ao funcionário que luta pelo que tem direito,se fossem todos assim esses cobardes pensariam melhor antes de roubar.esses seres não gostam de ser contrariados?nem eu,mas tb não gosto de vigaristas e nem por isso desapareçem.eu tinha vergonha de sair há rua com seguranças pagos com dinheiro alheio.de que medo terão eles?de aparecer alguém como eles que não olhem a meios para atingir os fins ou de levar uma valente sova?sou contra a violência mas nas proporçoes que isto já vai era merecido.já dizia a minha mãe«quem tem cu,tem medo».apelo a SEC acabem com a palhaçada e paguem o que devem,façam o que fizerem não vão sair por cima,quanto mais tempo passa mais se conheçe a careca ha empresa,ups enganei me queria dizer as empresas sim porque vai se a ver trocas e baldrocas e no fim é tudo do mesmo. SENHOR Celestino conte comigo para continuar a incomodar até senhores juizes.
  • Imagem de perfil

    cneves 25.08.2013 10:28

    Um bom dia a todo, em especial, aos que foram vítimas do ROUBO praticado pelos donos da SEC ...
    O 'juiz' que motivou esta série de comentários - meus e vossos é apenas um 'rato' - talvez Artur Carneiro ou alguém por ele - a tentar incomodar. Temos pena... não incomoda quem quer, mas quem pode e quem anda para aí a assaltar trabalhadores honesto, a ficar-lhes com o pão dos filhos e da família já só imagina que incomoda.
    A SEC - as várias empresas em que se subdivide - é neste momento gerida por um grupo de fora da lei e isso já toda a gente percebeu. Só ainda não percebemos, é como um administrador judicial tão bem conhecido no meio e tão identificado com actos também eles bem conhecidos, é deixado com a 'rédea solta' pelo gestor do proc.º649 13.1tylsb doTribunal de Comércio de Lisboa sem lhe atrelar um 'polícia' para o vigiar!
    Sabemos o património existente altura em que se iniciou o PER ! Veremos o que resta na altura própria e então, todos iremos exigir que além dos condenados que se adivinham, 'o Sr. Seabra de Vila Nova de Gaia' passe a ser também um deles!
    Vou enviar um link deste blog e de todos os comentários aqui produzidos ao 4.º Juízo do Tribunal do Comércio de Lisboa - para que não digam que 'não sabiam de nada'...

    Força para TODOS - mesmo para aqueles que permanecem calados! Eu sei que numa situação de desemprego forçado - e como se costuma dizer, na 'mó de baixo' - não é fácil encontrar forças para reagir!
    CN
  • Sem imagem de perfil

    alvaro barbosa 25.08.2013 12:46

    Bom dia. Amigo Celestino, peço desculpa pelas imprecisões ortográficas que tenha cometido, e que poderei continuar a cometer. Não admira. Sou um simples serralheiro que tem a 6ª classe. Tenho 52 anos e comecei a trabalhar com 10 anos para ajudar os meus pais, para levar uma vida digna. No entanto não e só por não saber, que apareceram estas imprecisões, mas sim em parte pelo atentado psicológico que neste momento estou a passar. Neste momento li tudo o que publiquei e realmente reparei em algumas, pelas quais peço novamente desculpas. Mas acho que o mais importante é saber exprimir o que se passa de maneira a que as pessoas entendam. Por outra queria dizer, que além de não ser rico como estes Senhores da SEC,tenho valores que me foram transmitidos pelos meus pais, alem das suas dificuldades: MORAL-RESPEITO-DIGNIDADE , que é o que estes ricaços não sabem o que é. Que adianta ter dinheiro se andam sempre a olhar para trás, e mais grave ainda ,andarem a ser julgados na praça pública, por vigarices-roubos aos trabalhadores etc.etc.etc ..Por agora fico por aqui,mas volto logo que possivel.Um abraço:ALVARO BARBOSA
  • Imagem de perfil

    cneves 25.08.2013 13:52

    Meu caro amigo! Perante uma situação como aquela de que temos vindo a falar, sobre a SEC , quem é que se vai preocupar com imprecisões ortográficas! Normalmente os corruptos, os criminosos, os que fogem às suas responsabilidades, esses sim, costumam ser muito 'certinhos' na forma de escrever!
    Continue a partilhar connosco o que lhe vai na alma, porque este espaço será sempre um espaço aberto para as boas causas!

    CN
  • Sem imagem de perfil

    filipe 25.08.2013 19:21


    boa tarde caros amigos e Sr. CELESTINO. Bem, eu nem queria acreditar que um dos malfeitores ou a mando veio comentar este blog...Contudo a esse EXCELENTÍSSIMO Sr. Dr. Juiz, como o seu comentário foi ás 03.20 da manha, deduzo que estivesse preocupado, e ate lhe queria pedir as minhas mais sinceras desculpas se por algum acaso, nos os defensores de causas justas lhe tiramos o sono e se falamos nas coisas que vocês os JOGADORES E MANOBRISTAS pensavam que iam ser abafadas..Queria ainda acrescentar que se o comentário desse JUIZ foi resposta para o meu comentário anterior e ultimo na altura do blog, posso dizer lhe com toda a certeza, da minha vida já me chega saber que não ando a roubar ninguém, não devo nada a ninguém, ando na rua sem capangas, tranquilo da minha vida e sempre de cabeça erguida, vou a qualquer lado e não olho para trás, as minhas coisas, são minhas, não estão em nome de terceiros, não tenho nada a temer...Agora Sr. juiz, se me quiser questionar se tenho luxos como os seus, ou dos quais por quem se doeu, infelizmente não, não tenho..nunca tive jeito para meter a mão no bolso de ninguém, por isso e que sou pobre, mas também sou»» honesto»» - QUE AGE COM LEALDADE E SERIEDADE...Deixo aqui a descrição retirada do dicionário de português, pois sei que para si e para os seus È uma palavra desconhecida..a minha, e a a vida de quem luta contra gente como vocês, não permite que ninguém se distraia, porque no mínimo piscar de olhos, vocês ate a roupa do corpo tiram...PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU, SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME..............................................................NÃO DEIXEIS CAIR ESTES TRABALHADORES EM TENTAÇÃO E LIVRAI-OS DO MAL.. AMÉM...um forte abraço a todos os homens e mulheres que lutam pelos seus direitos, mas acima de tudo, que lutam contra gente deste calibre miserável
  • Imagem de perfil

    cneves 25.08.2013 22:09

    Obrigado Filipe...
    Partilhei e comentei no Facebook.
    CN
  • Sem imagem de perfil

    filipe 27.08.2013 22:43


    HISTORIA PARA OS MAIS NOVOS..era uma vez uns senhores que trabalhavam mmmmuuuuuuito e no fim do mês eram recompensados por tudo o que faziam durante o mês..é a lei da vida..um dia esses senhores trabalharam e no fim do mês foram recompensados mais tarde.. no mês a seguir mais tarde ainda e cada vez pior...ate que trabalharam e depois nunca mais foram recompensados..certo dia, porque nem só o lobo mau se disfarça para comer o capuchinho vermelho, houve 2 carneiros que quiseram comer esses 17 senhores, só que infelizmente para eles, os ossos eram duros de roer e depois de ele tentar comer esses 17 e não conseguira, a noticia dos comilões foi se espalhando para as pessoas terem cuidado e não comerem mais ninguém .depois de 17, passaram a ser muitos mais e tantos senhores para 2 carneiros e mais meia dúzia de ovelhas negras, É FRUTA..SERÁ QUE A ESTES A JUSTIÇA LHES METE PEDRAS DENTRO COMO O CAÇADOR FEZ AO LOBO????DENTRO COMO O CAÇADOR FEZ AO LOBO????
  • Sem imagem de perfil

    carlos gomes 28.08.2013 19:30

    Boa tarde a todos os comentadores,e um abraço para o Sr. Celestino.Desde a minha última intervenção,em que alertei para os movimentos estranhos(entrada de viaturas vazias e sairem carregadas)do estaleiro da Maia da SEC SA de ALMERINDO CARNEIRO,parece que nada foi feito.Ninguém faz nada porque é para defender os trabalhadores, dá para pensar. Se Não vejamos. Tenho acompanhado os comentadores,ao qual dou os meus parabéns a todos, e como está a ser comentado na práça pública, não resisti e aqui vai ela fresquinha, de última hora .Então a SEC está no estado em que todos sabemos,as dividas que tem com os FÚNCIONÁRIOS e restantes credores,e estes Senhores sem escrúpolos, ordinários já andam a concorrer a obras com a nova empresa:A.A.J.CARNEIRO:ENGENHARIA E obras PÚBLICAS. Mas afinal o que é que se está a passar com a nossa justiça.Até custa acreditar que isto esteja a acontecer. Agora pergunto eu :com que equipamentos esta nova empresa vai laborar? Ninguém responda que eu com um esforço muito grande cheguei lá. Claro, está de caras. Com o dinheiro que foi roubado aos trabalhadores despedidos, mais os equipamentos que tem vindo a desaparecer.Isto é muito revoltante, e concordo com o comentário do Amigo Filipe:NÀO DEIXEIS CAIR NENHUM TRABALHADOR EM TENTAÇÃO ,E LIVRAI-OS DO MAL.GRANDES BANDIDOS E MAIS QUEM LHE DÁ COBERTURA.
  • Sem imagem de perfil

    filipe 28.08.2013 21:31


    eh lá..isto é caso para dizer OOOOUUUUU aos carneiros..decididamente é gente reles..ate dá jeito, ora bem.. antes de afundar a empresa, já tem outras duas, os filhos saem da falida, os carros,bens,equipamentos e ate o casamento vai por agua baixo, tudo fictício...assim o carneiro mais velho passa a ser um desgraçado enquanto as coisas estão nas outras empresas, o divorcio dá jeito porque ele não tem nada, os carros sabe se lá se estarão no nome de alguma MANADA. TEMOS QUE DAR UM BOCADO DE SOSSEGO AO SENHOR, SE CALHAR JÁ NEM DORME E AINDA POR CIMA, agora nem pode afogar as magoas no futebol.. SIM, PORQUE ATE DE LÁ COM JEITINHO VEM CORRIDO. decididamente,agarra-te á peruca com unhas e dentes!!!!!pode ser que a justiça funcione, porque eu ainda tenho esperança e ainda fiques com uma mão a frente e outra atrás,ou tenhas que desembolsar MAIS algum para poder ficar cá fora outra-vez ...quanto ao carneiro mais novo que não passa de um mémé,desejo lhe tudo que desejo ao carneiro grande....
  • Sem imagem de perfil

    maria 28.08.2013 23:49

    boa noite sr,Filipe ao seu comentário só acrescentaria que no fim de tudo isto com o carneiro velho falido no final o que foi ficticio virasse realidade e a esposa encontrasse um mémé que a levasse com tudo o que está em nome dela.e por mim pode levar a peruca pode dar jeito.e os filhos roubassem o pai afinal ladrão que rouba ladrão....ai sim seria a cereja no topo do bolo
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D