Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

JOÃO PAULO BALTAZAR - VALONGO, O PRECIPÍCIO E O PASSO EM FRENTE...

 

Partilho aqui sem qualquer edição, porque relevante e actual, a informação que me chegou via e-mail e que prova que o 'vendedor da banha da cobra' chamado João Paulo Baltazar (o orgulhoso aluno de Melo) está a mentir quando diz que equilibrou as contas do município.

 

Mente ele e mentem com ele os 'trâsfugas' chamados 'Zezinha e Pedro o pequeno' que a ele se venderam por um miserável prato de lentilhas - ou terá sido a troco da alegada 'trasferência milionária' de que falam alguns?

 

João Paulo Baltazar chegou ao poder (onde já andava há vários anos) constatou que estávamos à beira do abismo e tomou a atitude compatível com o seu perfil e com as suas capacidades: 'deu o passo em frente'! 

Felizmente, havia uns 'arbustos' a meio do precipício que nos ampararam a queda e em 29 de Setembro, poderemos ainda e se quisermos, inverter o percurso de desastre.


 

Anonymous <anonymous@foto.nl1.torservers.net>
10:52 (há 2 horas)
 
para celestino-neves.
Análise ao documento “Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses”
apresentado dia 11 de Julho de 2013, em Lisboa

O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses agora publicado apresenta
uma análise económica e financeira das contas dos municípios (308
Municípios) relativamente aos exercícios económicos de 2011 e 2012.

Município de Valongo:

Principais pontos  negativos:

1.  Não está nos 50 Municípios com maior grau de execução da receita
cobrada em relação à receita prevista nem em 2011, nem em 2012.
Reflete má execução e receitas previstas extrapoladas.

2.  Não está nos 35 Municípios com maior volume de receita cobrada
nem em 2011, nem em 2012, Demonstra má gestão na cobrança das
receitas.

3.  Municípios com maior peso de receitas provenientes de impostos e
taxas, nas receitas cobradas em 2011 e 2012. Valongo está em 32º
lugar em 2011 e em 24º lugar em 2012. Deve-se à diminuição das
restantes receitas autárquicas.

4.  É o 6º Município com maior variação do peso relativo dos impostos
em 308 Municípios.

5.  Municípios com maior aumento de IMI em 2011 e 2012.
    Dos 308 Municípios, em 2011 –  é o Município classificado em 29º
    lugar e em 2012 – está classificado em 35º lugar.

6.  Municípios com maior receita cobrada de IMI em 2011 e 2012,
Valongo não aparece nos 35 primeiros Municípios, demonstra
incapacidade de cobrança.

7.  Municípios com maior aumento de IMT em 2011 e 2012. Em 308
Municípios, em 2011 está classificado em 9º lugar (dos Municípios que
mais aumentaram o IMT).

8.  Municípios com maior diminuição de IMT em 2011 e 2012. Em 308
Municípios está classificado em 23º lugar em 2012 (dos Municípios que
mais diminuíram o IMT).

9.  Municípios com maior receita cobrada de IMT em 2011 e 2012.
Valongo não aparece nos 35 melhores Municípios.

10. Municípios com menor receita cobrada de IMT em 2011 e 2012.
Valongo não aparece nos 35 piores Municípios.

11. Municípios que apresentam maior peso de despesas com pessoal
nas despesas totais:
    2011 – Valongo não está nos 35 Municípios com maior peso.
    2012 – Valongo está classificado em 34º lugar dos 308 Municípios
    que apresentam maior peso de dedespas com pessoal nas
    despesas totais.

12. Municípios que apresentam maior volume de despesa realizada com
aquisições de bens e serviços 2011 e 2012.
    2011 – Valongo está classificado em 27º lugar (20.223.531€) dos
      308 Municípios.
    2012 – Valongo está classificado em 25º lugar (20.854.793€) dos
      308 Municípios. Aumentou ainda mais o volume de
      aquisições de 2011 para 2012.

13. Municípios que apresentam maior volume de compromissos por
pagar, no final do ano económico.
    2011 – Valongo está em 26º lugar dos 308 Municípios
      (23.688.754€)
    2012 – Valongo está em 24º lugar dos 308 Municípios
      (19.916.277€) ou seja embora tenha diminuído o montante,
      ainda piorou porque os outros Municípios diminuíram mais.

14. Municípios com maior diferença entre Grau de Execução de receitas
liquidadas e Grau de execução de despesas comprometidas
(realizadas).
    2011 – Valongo está em 32º lugar dos 308 Municípios
    (95,37%-59,49%=35,9%).
    2012 – Valongo está em 23º lugar dos 308 Municípios
    (96,73%-60,99%=35,73%).
    Nota Importante : Quanto maior é esta diferença, maior é o
    impacto negativo deste sistema de execução orlçamental no
    equilíbrio financeiro das autarquias.



15. Municípios com maior passivo exigível (Dívida) reportado a 2012.
    Valongo está em 27º lugar dos 308 Municípios mais endividados.
    2010 – 70.462.495€
    2011 - 65.768.679€
    2012 – 60.679.906€

16. Municípios com maior diminuição do passivo exigível em 2011 e
2012.
    2011 – Valongo está classificado em 16º lugar (-4.693.816€)
    2012 – Valongo está classificado em 35º lugar (-5.088.773€)

17. Municípios com maior endividamento líquido em 2012.
    2012 – Valongo está no 20º lugar dos Municípios mais
    endividados entre os 308 Municípios. ( 57.856.269€)

18. Municípios com maior redução do endividamento liquido em 2011 e
2012.
    2012 – Valongo esta no 32º lugar dos 308 Municípios. (-
    5.949.236€)

19. Municípios com maior índice de endividamento líquido em relação às
receitas do ano anterior.
    2012 – 213,9%
    2011 – 229,9%
    2010 – 232,5%

20. Municípios de média dimensão com um valor de dívidas a
fornecedores superior a 50% das receitas totais do ano anterior.
    2012 – Valongo classificado com 10º lugar dos 103 municípios de
    média dimensão com dívidas a fornecedores superior a 50% das
    receitas totais do ano anterior.
    Dívidas a fornecedores     – 41.604.931€
    Receitas cobradas em 2011   – 37.235.881€
    Índice       - 111,70%

21. Municípios com maior Prazo Médio de Pagamentos.
    2012 – Valongo está em 34º lugar dos 308 Municípios.
      2012 – 332 dias, 2011 – 324 dias , 2010 – 236 dias.
    Nota: Este indicador tem vindo a piorar e é dos piores a nível
    nacional.

22. Municípios com menor liquidez referenciada a 2012.
    Nota: São os Municípios que mais contribuíram para o
    desequilíbrio estrutural do setor, face à falta de liquidez detetada.
    2012 – Valongo está classificado em 14º lugar dos 308
    municípios, é dos piores a nível nacional.

      2010 – 23.160.088€
        2011 – 25.822.232€
        2012 – 22.307.352€

23. Municípios com maior valor em amortizações.
      2011 – Valongo está classificado em 13º lugar –
      11.258.986€
      2012 – Valongo está classificado em 12º lugar –
      11.546.487€

24. Municípios com maior valor em provisões.
      2011 – Valongo está classificado em 13º lugar –
      2.281.137€
      2012 – Valongo não está nos 35 primeiros Municípios.

25. Municípios com menores resultados económicos.
    (Nota: Piores resultados económicos dos 3 anos de mandato
    dos atuais dirigentes dos municípios.)
      2012 – Valongo classificado como o 7º pior Município dos
          308 Municípios. Este indicador é péssimo…
      Total de 2010 a 2012 - Resultados operacionais = -
      24.055.188€, Resultados líquidos = -21.212.164€

26. Ranking Global dos 30 melhores Municípios de média dimensão em
termos de eficiência financeira.
    (Nota: Valongo não aparece na listagem. Este indicador tb não é
    bom…)

 O documento oficial está em Pdf no site www.otoc.pt e pode ser descarregado gratuitamente.
Nota final: Em 29 de Setembro, pensemos nisto!
publicado às 13:59

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D