Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

JOÃO PAULO BALTAZAR - CUSTÓDIO OLIVEIRA: 'ECONOMIA DE ESCALA'...

Ainda a propósito do 'amigo Custódio' - o encapotado estratega do candidato-aluno de Fernando Melo - encontrei esta interessante(?) reportagem no jornal 'O Povo Famalicense'.

 

Naquele órgão de informação regional, a 'ilustre figura' que tive a oportunidade de conhecer muito superficialmente em 2009, quando ele organizou a campanha da Maria José Azevedo, candidato pelo PS (2.ª escolha) faz a apresentação da sua campanha à Câmara de Famalicão.

 

O que me chamou mais a atenção, nem foram as curiosas e megalómanas promessas do Custódio, ao bom estilo do vendedor da 'milagrosa banha da cobra', para encher o olho dos famalicenses - o Metro da Trofa até Famalicão, a paragem do TGV naquela cidade (mas qual TGV?) - o que mas atraiu a atenção, foi o facto de ver ao seu lado na fotografia que ilustra a reportagem, a nossa Zezinha e o ex autarca do Porto e fugaz 'ministro do reino', de seu nome Fernando Gomes.

 

Faz sentido: como o 'amigo Custódio' tem aquele 'ajuste directo' com João Paulo Baltazar, ela provavelmente é o 'interface' nesta plataforma giratória da frente comum Valongo/Vila Nova de Famalicão.


Já quanto ao ex 'ministro do reino', depois de ter tentado retomar a Câmara do Porto nas autárquicas de 16 de Dezembro de 2001 e de ter perdido a corrida para Rui Rio, não tem parado de 'carpir as mágoas' fazendo o que melhor sabe fazer: ganhar dinheiro, gerindo os negócios da GALP!

 

Bem vistas as coisas, até tem lógica esta junção de esforços: com a crise que por aí vai, é importante a 'economia de escala' e juntar 'na mesma luta' a Zezinha, o seu sócio (ou ex) da Escola de Jornalismo do Porto, candidato em Famalicão e estratega da campanha do aluno de Melo em Valongo e o ex governante (por menos de um ano) mas com uma vasta experiência na desgovernação autárquica, poupa meios e concentra-os melhor naquilo que é mais importante (para eles) e que é o de tratar do governo das suas vidinhas e do desgoverno das nossas.


Faz todo o sentido!


A entrevista completa AQUI (página 9)

 

 


  

 

 

 



publicado às 21:11

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D