Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

CÃMARA DE VALONGO - A REUNIÃO A JACTO...

Começa a ganhar contornos de normalidade o 'formato' das reuniões públicas do Órgão executivo : 'a jacto', independentemente da aparente densidade de assuntos em agenda - e hoje eram 20 os pontos em discussão.

 

Bem... em discussão é exactamente o busílis da questão, porque por um lado, a 'palha' do recheio não a suscita - à discussão - e por outro, a oposição ou anda pouco inspirada, ou então, o que é pior (no caso do 'coração doce' é mesmo por aqui) enveredou pela postura 'post-it'.

 

A única excepção à árida agenda de hoje, foi o ajuste directo do serviço de varredura das ruas do município até final do ano, devido ao atraso no concurso público que está a decorrer - atraso por culpa de quem? - e por um preço de 904 mil EUR.

João Paulo Baltazar lá foi explicando, à guisa de tranquilização do vereador menor que perguntou sobre isso, apenas para não ter de votar sem colocar nenhuma questão, que este o custo está ligeiramente abaixo do duodécimo da actual concessão.

 

(Pudera! quem ganhar estes meses não precisará de fazer investimentos nem apetrechar-se com os meios necessários a uma concessão alargada no tempo!)

 

Curiosamente - ou não - o PS e também o independente Afonso Lobão, mantiveram a questão de princípio de sempre, de que este tipo de serviço deveria ser sempre que possível, assegurado com meios próprios da Câmara, tendo-se abstido na votação.

 

Os 'independentes' do coração doce, esses, tal como os post-it já referidos, aderiram à ideia da Câmara, votando a favor - o que também só espantará os menos atentos às últimas movimentações.

 

Destaque para um 'fait-divers' protagonizado pelo vereador menor:

 

Falava o presidente da Câmara nada incomodado com um segredar (normal) e em registo muito discreto cá atrás, entre mim e o meu amigo Fernando Monteiro, apoiante do Bloco de Esquerda:

 

"Desculpe senhor presidente - interrompeu o vereador das 'tamancas' - importa-se de falar mais baixo para não incomodar a sala?".


Ao contrário de outros tempos, João Paulo Baltazar 'desculpou', permitindo a alarvidade - porque foi disso que se tratou!


Como também permitiu o comentário final - mesmo isso, comentário final - à questão por mim apresentada no ponto das intervenções do público: procurei indagar sobre se o aparente abuso do presidente da Câmara consubstanciado no envio ao Órgão Assembleia Municipal através do seu presidente  e para distribuição (!)  da moção irrelevante apresentada pelos vereadores 'post-it' na última reunião de Câmara acerca dos comportamentos eleitorais dos diversos intervenientes no processo em curso.


Perguntei se este envio visou criar 'jurisprudência', sendo que a partir de agora todas as moções ou propostas aprovadas em reunião de Câmara, ainda que irrelevantes como é o caso desta, não pela origem mas pelo seu conteúdo, vão passar a ser remetidas à Assembleia Municipal.


Resposta(?) de João Paulo Baltazar: "apenas aquelas que eu decidir" (sic)

 

Complemento final do vereador das tamancas - numa altura em que eu já não poderia comentar: "como proponente da moção, considero que irrelevante é a pergunta" - e deu aquele característico jeito ao pescoço, um tic que indicia no caso do vereador menor, que gostou muito de se ouvir


Não  estava no entanto presente o 'espelho seu'...

 

(Encerramento)

publicado às 14:02

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D