Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO - COMO SE TORRA O NOSSO DINHEIRO (ACTUALIZ.)

 

O que a uns sobra, a muitos faz falta...

 

Não é felizmente o caso de Valongo onde o que sobra à Câmara não faz falta a nenhum valonguense, porque o nosso Concelho como todos sabemos, é um oásis de excepção na penúria geral do País.

Aqui florescem obras imensas distribuídas por todas as freguesias e o Povo vive feliz e contente com o seu querido lidere e pode bem com os últimos desaforos da Justiça!


Não é que de repente os senhores Juízes resolveram começar a soltar os 'esqueletos' que João Paulo Baltazar tanto temia? Pois bem, não é isso que travará o profícuo trabalho da nossa autarquia - a menos corrupta do espectro do poder local a nível nacional como todos sabemos - e a ignóbil perseguição da Justiça, traduzida na avalanche de processos, uns já 'desabados' outros em vias de 'dasabar', chocarão com a carapaça da nossa indiferença e com a realidade da nossa abundância!


Temos fundadas razões para suspeitar que os senhores Juízes terão mesmo recorrido ao aliciamento de cidadãos toxicodependentes ou empresas fictícias para a troco de umas 'loiras' fresquinhas ou umas benesses cujos contornos desconhecemos, se fingirem prejudicados pela Câmara e assim conseguirem extorquir avultadas quantias.


O último destes casos e que já aqui noticiei, tem a ver com uma tal 'Espalha Ideias' que alegou ter sido prejudicada por Fernando Melo num concurso para Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) - como se este santo homem fosse capaz de prejudicar alguém! - e exigiu ser indemnizada numa avultada soma em EUROS.


Estou profundamente convencido que a 'Espalha Ideias' não existe e que por detrás do processo que agora transitou em julgado, estará um sinistro Juiz com a sua ganância de dinheiro.

 

É natural que quem realiza obra faça muitos amigos, mas também alguns perigosos inimigos.


Nós, caro João Paulo, pertencemos obviamente ao grupo dos primeiros, porque sabemos que você nunca teve nada a ver com a alegada corrupção da era Fernando Melo.

E mais, estamos até em crer que aquela frase que lhe é atribuída 'tenho orgulho em o ter tido como mestre' terá sido mais uma invenção de um jornalista manhoso, dos muitos que invejam o seu sucesso e estranhamos mesmo que a não tenha desmentido atempadamente.


Mas pronto...


Os sinistros Juízes condenaram-no a si e à Câmara, a pagar 130 mil EUR esta última e uma pesada multa no seu caso.

 

É o cúmulo do desaforo, caro futuro ex presidente da Câmara, por isso estamos consigo e prontos a fazer uma 'vaquinha' para ajudar na despesa. 

Sabemos que esse dinheiro não fará falta às finanças da Câmara, mas pretendemos fazer passar para o exterior a imagem do cerrar fileiras dos valonguenses em torno do seu ex presidente que muito admiram e a quem estão profundamente agradecidos pela imensa obra que lhes deixa.


Diga alguma coisa se for caso disso.

 

Aqui vai o recorte da notícia publicada no Expresso de ontem:


 

 

 

 

 

publicado às 22:35

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D