Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

...E, APESAR DE TUDO, É VERDADE!

Para que conste:

 

Não são do Verdadeiro Olhar os dislates sobre a candidatura do Partido Socialista em Valongo, mas do mau opinador que sobre ela discorre (ver recorte seguinte).

 

(...)


 

A ver se nos entendemos:

 

O funcionário/subordinado de João Paulo Baltazar merece-me todo o respeito e tem à partida toda a minha compreensão pelo esforço que faz no sentido de cumprir a tarefa de que foi incumbido e pela qual recebe o razoável ordenado mensal que nós os contribuintes lhe pagamos todos os meses, mas que apenas o chefe lhe pode garantir.

E a tarefa é gerir a 'agitprop' pensada por João Paulo Baltazar segundo 'uma ideia' de Custódio Oliveira e da Omnisinal, no sentido de transformar as verdades inconvenientes em supostas mentiras.

 

Porém...

 

Uma verdade negada mil vezes nem por isso passará a ser mentira!

 

Ou parafraseando Galileu ao sair daquele célebre julgamento de 1663, onde perante sete cardeais foi obrigado a negar as suas próprias convicções ("e, apesar de tudo ela move-se...")  - e, apesar de tudo, é verdade!

 

Ou seja...


O candidato do Partido Socialista, os jornais, as sentenças proferidas pelos Tribunais, a "Espalha Ideias", o Sr. José Martins Moreira Venda e os restantes autores com processos em que a Câmara é ré, não mentem. Dizem apenas uma verdade inconveniente e porventura inopotuna no actual contexto, mas como diz o Povo, "as verdades são para serem ditas".

 

Apesar do esforço do funcionário camarário Hélio Rebelo e com todo o respeito que que já referi pelo seu esforço, sobretudo conhecendo eu algumas hostilidades internas com que se debate - nomeadamente por parte da chefe da equipe multidisciplinar, Clara Poças - a verdade é que a Câmara em poucos dias perdeu 3 processos que totalizam mais de 320 mil EUR (um está em recurso e não será o Ministério da Justiça que o vai pagar, porque quem falhou no dever de comunicar atempadamente a rescisão do arrendamento, foi a Câmara) e há mais uns quantos 'fresquinhos' a sair do 'forno'.

 

Já quanto à promiscuidade entre o papel do presidente e do candidato do regime - que são uma e a mesma pessoa - não preciso de acrescentar mais nenhum exemplo da mesma, tão evidente é aquele que relatei AQUI: uma reunião partidária numa sede/contentor da candidatura partidária, no horário de serviço do presidente e dos funcionários que o acompanhavam e utilizando as viaturas de serviço!

Comparado com todas as promiscuidades que conhecemos, o 'boletim municipal' de que fala o funcionário Hélio na 'redacção' que o chefe lhe mandou fazer para o Verdadeiro Olhar representa apenas uns 'trocos'!

 

Concluindo, que por agora não gasto mais cera com este 'defunto', se o que diz o candidato do Partido Socialista não é mentira - e não é! - quem afirma que é sem o ser é que mente e a mentira tem de facto a perna curta - esta foi a única parte da 'redacção' em que estivemos de acordo...

 

 

publicado às 20:34

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D