Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

CÂMARA DE VALONGO - OS 'TENTÁCULOS' DA CRISE...

Ainda a propósito do meu post anterior - sobre o artigo de opinião publicado no Jornal Novo de Valongo (ESTE) -  recebi o comentário que tomei a liberdade de içar para este espaço mais visível do Blog.

O assunto não morrerá seguramente aqui, uma vez que a actual vice presidente de Câmara e 'proprietária' da ADICE, apesar dos múltiplos 'telhados de vidro' de que se tem vindo a rodear, persistiu em nos privilegiar com uma posição de destaque na lista de candidatura 'a vitória de todos' à Câmara.

 

Sendo ela um elemento destacado da 'máquina laranja' é inadmissível que não tivesse ao menos a atenção para com o seu cabeça de lista no sentido do o poupar a constrangimentos - se é que ele ainda é capaz de os sentir a propósito do que quer que seja - do género "anexos clandestinos de R/C e 1.º andar"  com processo de irregularidade urbanística arquivado, com base em informações falsas prestadas aos Serviços e outras situações comprometedoras sobre as quais a seu tempo ainda aqui falarei...

 

Quem pensa que já conhece tudo sobre a corrupção galopante na Câmara de Valongo  e sobre as tentaculares ligações à ADICE e outras 'adices', nem  imagina o 'pouco' que conhece !

Quem pensa que essa corrupção 'era só no tempo do Melo' - alguns mais igénuos ainda estão nesse 'registo' - nem sonha com o recheio que resta no 'armário dos esqueletos'!

 

Pena que, como diz o Sr. Silva Pereira, os vereadores eleitos pela Coragem de Mudar em tempos tão activos na denúncia das tentaculares ligações à ADICE, tenham hipotecado todo o acervo de críticas que foram produzindo, 'a crédito' da sua 'relação aberta' com João Paulo Baltazar... 

  

O comentário:

 

Caro Amigo e Sr. C. Neves:

Relato fiel e claro de mais um momento infeliz (para não dizer outra coisa) desta Câmara que, ainda, temos.
A ADICE é preferência antiga, bem conhecida e por demais evidente. Recordo-me, até, de uma intervenção da Vereadora M J Azevedo - ainda não era notório o apoio ao Executivo - em que se rebelava contra os frequentes protocolos estabelecidos com aquela instituição e que vinham a reunião camarária, para decisão. "Sempre a ADICE , sempre a ADICE ", são palavras de M J Azevedo. Não há opinião que não varie, quando os nosso interesses mudam! 

Quanto ao presente caso, entendo não ser demais realçar a nobreza de atitude e estoicismo da Vereadora Luísa Oliveira. Perante o ataque, pleno de cinismo, do Vereador Pedro Panzina (em mais um propósito evidente de magoar e enervar) e, também, a posição assumida pelo seu ex-correligionário, Dr. Afonso Lobão, portou-se com enorme dignidade, o que, por aqueles lados, parece ser cada vez mais raro. Julgo que o Dr. J.M.Ribeiro se equivocou grandemente, não tendo colocado a Dra. Luísa Oliveira no segundo lugar da lista para a Vereação, nas autárquicas deste ano. Obviamente, nada tenho a ver com o assunto, pois, como sabe, não sou PS, mas, até prova em contrario, julgo que foi um erro.

Um abraço amigo

J Silva Pereira

publicado às 13:19

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D