Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

UNIDOS por ALFENA - EXPLORAÇÃO DE TRABALHO INFANTIL...

 

A propósito deste post decidi - sem grande esforço devo dizê-lo - 'dar a mão à palmatória' e fazer o esclarecimento que se segue:

 

Ponto um:

Julgo que já toda a gente que me conhece sabe que eu tenho um grande respeito pela família, pelas crianças em particular e nunca me passaria sequer pela cabeça a ideia de fazer um comentário ofensivo para quem quer que fosse, muito menos em relação às crianças aqui usadas como arma de arremesso - e não o foram por mim.

No título do post, a expressão "pornografia" infantil, embora estejam lá as "aspas" bem visíveis, alguns dos correligionários de Arnaldo Soares, daqueles que só costumam 'ler as gordas' ter-se-ão sentido ofendidos com esta figura de estilo, de gosto duvidoso, devo dizê-lo e sobre isso, já chamei à atenção do autor, isto é... eu próprio.

 

Ponto dois:

A pornografia infantil sem "aspas", é um crime abjecto - penso que ao menos aqui estaremos todos de acordo - em que os criminosos são os adultos que vivem do negócio ou o alimentam e as crianças são as vítimas.

Ora na 'coreografia arnaldina' no mais puro estilo 'pioneiros' da ex-URSS, ocorrida no Domingo passado, não havia nem criminosos nem vítimas, havendo isso sim um claríssimo abuso da posição de adultos - pais, encarregados de educação ou quem quer que fossem - em relação à utilização das crianças ainda muito longe de atingirem a idade de poderem votar, para fazerem propaganda política em que só os grandes estavam interessados.

 

Ponto três:

Às "virgens ofendidas" - coloquei "aspas" para o caso de nem serem virgens nem ofendidas - eu direi em resumo o seguinte:

 

Alínea a) Escolhi no post em questão um péssimo título do qual peço desculpa a TODOS os meus leitores e não apenas aos 'arnaldinos desfilantes'.

 

Alínea b) Relativamente ao texto não altero nem uma vírgula do que escrevi.

 

Alinea c) Sou um homem livre que depois de muito desafiado resolveu aderir de alma e coração a um projecto de MUDANÇA para Valongo. Fi-lo sem reservas mentais de espécie alguma e o futuro presidente da Câmara de Valongo quando me convidou também sabia que seria assim a nossa 'relação aberta': nenhum dos dois condiciona o outro relativamente a questões que não tenham a ver com o projecto de MUDANÇA e com a campanha. 

É no mínimo de péssimo gosto e indiciador de uma cultura democrática de qualidade pouco recomendável, endossar a alguém que não ao autor qualquer crítica sobre este ou qualquer outro assunto que aqui venha a ser publicado relativamente ao 'estranho projecto' dos Unidos por Alfena.

 

Alinea d) Se fosse agora, em vez do título que já assumi ser de gosto duvidoso, eu teria escolhido talvez este:

UNIDOS por ALFENA - EXPLORAÇÃO DE TRABALHO INFANTIL


Penso que assim ninguém se sentiria ofendido, pois não existiriam "aspas" que corressem o risco de passar despercebidas, nem seria uma figura de estilo.

 

 

publicado às 00:25

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D