Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

CÂMARA DE VALNGO - TRANSPORTES ESCOLARES PARA 'VIP'...

Nota prévia:

Faço parte da candidatura MUDAR VALONGO com muito orgulho e estou com ela de alma e coração, mas esse facto não me cerceou a independência que sempre gostei de manter - ao contrário daquilo que alguns imaginaram que aconteceria e que uns poucos ainda 'acreditam' que aconteceu.

O post que se segue não foi 'visionado previamente' por ninguém da candidatura e portanto, aconselho as 'vítimas do costume' a atirarem-se apenas ao autor do Blog, evitando as extrapolações do costume visando a candidatura e que não têm aqui qualquer cabimento. 


Nunca abdiquei - nem abdicarei jamais - de ser quem sou e da forma que sou. O esforço de mudança que todos nós fazemos e eu também faço, nunca pode ser inoculado e só faz sentido se partir de mim próprio.


Esta é a única concessão que faço: mudarei o máximo que conseguir, por imposição de... mim mesmo! 


 

Tenho há algum tempo na minha posse um conjunto de documentos – texto (carta abaixo reproduzida) fotos e um vídeo – onde é denunciado um 'serviço personalizado de transportes escolares’ a cargo da Câmara de Valongo e da sua vereadora e vice presidente Maria Trindade Vale.


Porque se trata de material que pode beliscar o direito à privacidade, nomeadamente de uma jovem que não tem como é evidente, qualquer tipo de culpa por esta teia de corrupção em que se vê envolvida e que foi criada apenas pelos adultos, entendo não ser este o momento - fase final da campanha eleitoral - para publicar este material.

Sendo no entanto um assunto gravíssimo que indicia desde já o crime de peculato de uso, estaria a ser de certa forma conivente se não falasse nele e por outro lado, se não lhe desse em devido tempo o seguimento adequado para o Ministério Público.

Não o faço neste momento, pelas mesmas razões referidas atrás e também para que não fosse entendido de forma redutora  como mais uma acção de campanha.

Irei fazê-lo em devido tempo e passada que seja esta fase mais quente.


O que se passa na Câmara é muito grave e neste preciso momento existem meios técnicos da autarquia a trabalhar de forma de tal modo intensiva para roduzir material de campanha do PSD (cartazes por exemplo) que já começam a avariar e a colocar em causa o trabalho normal dos serviços.


Os funcionários que me relatam isso, obviamente não podem dar a cara porque estariam a colocar em risco o seu posto de trabalho, mas as situações podem ser comprovadas..

 

Há coisas sobre as quais, independentemente da sensibilidade do momento e da possibilidade que sempre existe de que aquilo que escrevemos possa servir de 'alibi' para a vitimização do costume, não podemos deixar de falar: as práticas promíscuas de uma Câmara onde a corrupção é a regra e alguns actuais ou ex autarcas alegadamente corruptos são o padrão.

Tudo isto merece ter a visibilidade adequada.

 

Para não sermos cúmplices!



 


publicado às 10:08

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D