Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

CÂMARA DE VALNGO - TRANSPORTES ESCOLARES PARA 'VIP'...

Nota prévia:

Faço parte da candidatura MUDAR VALONGO com muito orgulho e estou com ela de alma e coração, mas esse facto não me cerceou a independência que sempre gostei de manter - ao contrário daquilo que alguns imaginaram que aconteceria e que uns poucos ainda 'acreditam' que aconteceu.

O post que se segue não foi 'visionado previamente' por ninguém da candidatura e portanto, aconselho as 'vítimas do costume' a atirarem-se apenas ao autor do Blog, evitando as extrapolações do costume visando a candidatura e que não têm aqui qualquer cabimento. 


Nunca abdiquei - nem abdicarei jamais - de ser quem sou e da forma que sou. O esforço de mudança que todos nós fazemos e eu também faço, nunca pode ser inoculado e só faz sentido se partir de mim próprio.


Esta é a única concessão que faço: mudarei o máximo que conseguir, por imposição de... mim mesmo! 


 

Tenho há algum tempo na minha posse um conjunto de documentos – texto (carta abaixo reproduzida) fotos e um vídeo – onde é denunciado um 'serviço personalizado de transportes escolares’ a cargo da Câmara de Valongo e da sua vereadora e vice presidente Maria Trindade Vale.


Porque se trata de material que pode beliscar o direito à privacidade, nomeadamente de uma jovem que não tem como é evidente, qualquer tipo de culpa por esta teia de corrupção em que se vê envolvida e que foi criada apenas pelos adultos, entendo não ser este o momento - fase final da campanha eleitoral - para publicar este material.

Sendo no entanto um assunto gravíssimo que indicia desde já o crime de peculato de uso, estaria a ser de certa forma conivente se não falasse nele e por outro lado, se não lhe desse em devido tempo o seguimento adequado para o Ministério Público.

Não o faço neste momento, pelas mesmas razões referidas atrás e também para que não fosse entendido de forma redutora  como mais uma acção de campanha.

Irei fazê-lo em devido tempo e passada que seja esta fase mais quente.


O que se passa na Câmara é muito grave e neste preciso momento existem meios técnicos da autarquia a trabalhar de forma de tal modo intensiva para roduzir material de campanha do PSD (cartazes por exemplo) que já começam a avariar e a colocar em causa o trabalho normal dos serviços.


Os funcionários que me relatam isso, obviamente não podem dar a cara porque estariam a colocar em risco o seu posto de trabalho, mas as situações podem ser comprovadas..

 

Há coisas sobre as quais, independentemente da sensibilidade do momento e da possibilidade que sempre existe de que aquilo que escrevemos possa servir de 'alibi' para a vitimização do costume, não podemos deixar de falar: as práticas promíscuas de uma Câmara onde a corrupção é a regra e alguns actuais ou ex autarcas alegadamente corruptos são o padrão.

Tudo isto merece ter a visibilidade adequada.

 

Para não sermos cúmplices!



 


publicado às 10:08

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D