Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA - REPITO A PERGUNTA: "E NINGUÉM VAI PRESO?"

 

Eu até percebo...

 

A 'mini varanda do Leça' plantada à esquina do burgo junto à 'Ponte do Penteeiro' - em frente à esplanada do Café Aroma - era uma ideia pregrina do 'arquiteco honoris causa' Camilo Moreira destinada a suprir a falta do emblemático projecto 'Vale do Leça' - frente ao cemitério paroquial de Alfena - devido ao facto de os herdeiros da Quinta das Telheiras terem desautorizado o Sr. Sebastião Costa relativamente ao protocolo que ele se tinha prontificado a celebrar com Rogério Palhau e com João Paulo Baltazar para a cedência dos terrenos, numa qualidade que não tinha, isto é, de dono daquilo que pretendia ceder - porque não é dono de coisa nenhuma.

 

A mini varanda era pois o recurso de emergência do amigo Camilo para tentar salvar do previsto - e afinal concretizado - afundamento do herdeiro.

Começou à pressa, prosseguiu à pressa e acabou à pressa mas... sem ser concluída.

 

O problema no entanto nem sequer é esse, porque 'aquilo' não é mais valia em relação à qual se possa lamentar que tenha ficado pelo caminho!

 

O problema - mais do que problema, o CRIME! - é que se retirou segurança àquela curva, destruindo-se o muro, deixando o local exposto à curiosidade dos mais novos e tudo isto, sem vedações, sem sinalização adequada, de forma criminosa e irresponsável - como aliás sempre foi apanágio do gabinete mais mediático do burgo, do ex presidente de Valongo e de todos aqueles a quem o Povo castigou no dia 29 de Setembro por todos os embustes que protagonizaram, ou nos quais colaboraram ao longo de 20 anos de poder em Valongo. 

 

Urge pois pôr cobro à situação criminosa que referi e sobre a qual já escrevi recentemente AQUI!

publicado às 15:55

1 comentário

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D