Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO - A SOLIDARIEDADE EM PRIMEIRO LUGAR E AS BOAS PRÁTICAS… TAMBÉM!

Na última reunião de Câmara, a vereadora Maria Trindade assumiu as 'dores' das IPSS, pelo facto de a Câmara ter decidido 'avançar para um concurso público' para a contratação directa do serviço de refeições escolares.

Este serviço está actualmente contratado com as IPSS, mas as mesmas - com excepção da ADICE, que é um 'tubarão' no meio do 'peixe miúdo' - porque não tinham capacidade instalada, resolveram subcontratar o mesmo a empresas de catering, curiosamente por um valor mais baixo do que aquele que recebem da Câmara...

 

Ora bem...

 

Esta questão do relacionamento da Câmara - tal como as Juntas de Freguesia também, aliás -  com as IPSS, tem mais tarde ou mais cedo de entrar num patamar diferente - substancialmente diferente, digo eu - daquele que tem prevalecido até aqui.

 

Não é concebível que as mesmas - e falo genericamente sem referir nenhuma delas em concreto - pretendam manter ou mesmo reforçar a sua colaboração com a Câmara, recebendo em contrapartida as ajudas equivalentes, para depois não seguirem os mais elementares princípios das boas práticas, da transparência, da apresentação de uma situação social consolidada e de acordo com a Lei - corpos sociais constituídos, funcionamento dos Órgãos de acordo com os respectivos Estatutos, prestação de contas em dia... 

 

É claro que se percebe - e se aceita - que o novo executivo numa primeira fase não tenha 'entrado a matar' neste campo, até porque os 'danos colaterais' seriam imensos como se imagina, mas esta é uma situação que não se pode prolongar por muito mais tempo.

 

As IPSS têm de uma vez por todas, de interiorizar que quaisquer meios financeiros - ou ajudas em espécie - que a Câmara lhes forneça, são bens públicos e por isso incompatíveis com a 'informalidade' com que estas por vezes 'justificam' a sua utilização e os associados por outro lado, devem também eles, como parte interessada na continuidade do trabalho destas Instituições, exercer a necessária e positiva pressão junto das respectivas direcções, para que não venha a ser necessário preceder à interrupção das referidas ajudas ou protocolos de colaboração.

 

Como bem disse Paulo Morais há tempos, embora num outro contexto, em Portugal existe um negócio da fome - e Valongo não foge à regra...

publicado às 22:17

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D