Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

PROCURA-SE...

"PROCURA-SE VIVO OU...VIVO":

Indivíduo do sexo masculino, caucasiano, porte médio (mas com nariz acima da média). Bem falante, veste habitualmente fato e gravata, embora também já tenha sido visto esporadicamente em equipamento de jogging, fingindo a prática dessa actividade.

Considerado extremamente perigoso, faz-se normalmente acompanhar por alguns exemplares "caninos" de raças perigosas que lhe asseguram a cobertura necessária, quer para a prática das suas actividades ilícitas, quer para a retirada após a consumação das mesmas.

Há fortes indícios da sua ligação a algumas das fraudes mais conhecidas ocorridas nos últimos anos: Caso Freeport, e Processo Cova da Beira, entre outros.

Pelo que se conhece dos principais casos conhecidos que o ligam a ele utiliza habitualmente como camuflagem para a prática dos crimes, várias qualificações:  "engenheiro", "engenheiro-técnico", "membro do Governo" ou ainda - imagine-se só! - "Primeiro Ministro" da Nação!

Às pessoas que eventualmente venham a ser abordadas por ele, recomenda-se todo o cuidado - principalmente com as carteiras - aconselhando-se a que sem darem nas vistas, entrem imediatamente em contacto com a "Polícia das Nações Unidas" - a UNPOL - uma vez que as Autoridades do nosso País - Policiais e Judiciárias - não dispõem dos meios adequados, nem para a sua detenção nem para o seu julgamento.


PS: Vi - ou sonhei que vi - este anúncio afixado em várias esquinas e nas montras de algumas lojas (e coloco aqui a dúvida, porque quando quis confirmar se era mesmo verdade, já não encontrei nenhum exemplar afixado... Pode ter sido alguém a retira-los, ou simplesmente nunca terem existido). Mas pelo sim pelo não, aqui vai o necessário

Disclaimer: Qualquer semelhança com alguma pessoa ou pessoas, vivas ou que já tenham vivido neste País - onde como é sabido não se conhece nenhum caso de corrupção - é mera coincidência (ou não...)

publicado às 21:43

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D