Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A ALFENA DE SEMPRE, OU AS 'MIXÓRDIAS' DO COSTUME...

Citando o amigo A. da Vicência - obrigado pelo comentário acutilante:

 

A. da Vicência a 31 de Janeiro de 2014 às 10:29

"Acho um piadão a estes patuscos de amarelo vestidos.

As obras ilegais e clandestinas construídas, por ex. em Transleça, pertencentes aos compadres dos esquemas, não mereceram, da parte destes estrénuos defensores da legalidade, tais preocupações, incluindo do anterior presidente da Junta, tambem amarelo e apenas substituto temporário do actual que, sendo "homem de leis" patrocinava o prevaricador.

Será que na qualidade de presidente da Junta defendia a legalidade às segundas, quartas e sextas e na qualidade de patrono do prevaricador defendia a ilegalidade às terças, quintas e sábados ?!!!...
Mixordeiros..."

A. da Vicência

 

Pois...

 

Nuns casos, assobiam para o ar, noutros como o presente, mobilizam a 'tropa macaca' e ainda tentam estabelecer alianças fora do reduto.

 

Estes UpA, de amarelo vestidos, são os mesmos que favoreceram com o seu silêncio ou com a sua cumplicidade activa, aberrações como a da empresa de Avelino Marques de Sousa na Rua Nossa Senhora do Amparo, ou da Marcelo Peixoto & Irmão em Transleça, ou ainda, como já anteriormente referi, o roubo na forma tentada aos herdeiros da Quinta do Bandeirinha, ou ainda, a especulação com os terrenos da então designada 'Zona industrial de Alfena' onde se previa a instalação do maior merceeiro do País, o grupo Jerónimo Martins.

 

Rogério Palhau, o UpA de serviço no mandato anterior, que intercalava a t-shirt amarela com o fato e gravata de presidente de Junta e ainda com a toga da função principal, numa promiscuidade impressionante que ainda por cima lhe exigia o dom da ubiquidade, ele que estava a 'tempo inteiro dividido', nunca mexeu uma palha em relação aos casos mais conhecidos e mais condenáveis com que se foi cruzando.

 

Agora Arnaldo Soares, também ele ao que parece a 'tempo inteiro dividido', vai arranjando disponibilidade para se entreter com estes casos de pequena dimensão - e não estou de maneira alguma a desvalorizar aquilo que no caso em apreço me parece uma autêntica aberração urbanística - esquecendo enquanto assobia para o ar, todos os outros em que esteve e ainda está envolvido e que só têm contribuído para descredibilizar os detentores de cargos políticos.

 

Não tem a ver directamente com o assunto, mas um dia ainda lhe hei-de perguntar sobre o seu compromisso da última Assembleia de Freguesia: tornar o acesso ao site e aos documentos relevantes da Junta completamente livre - como a Lei determina - seguindo o exemplo da esmagadora maioria das autarquias e da própria Câmara que ele agora, de forma descarada tenta 'namorar'...

 

E hei-de questioná-lo ainda sobre aquela famosa permuta de terrenos envolvendo o Restaurante Novo Gostinho, um assunto que ele, depois o seu amigo da toga e agora novamente ele, vão tentando esconder 'debaixo do tapete'.

publicado às 14:25

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D