Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A PALAVRA AOS ESPOLIADOS DA SEC...

 

Acabo de receber o comentário que se segue, de um dos vários trabalhadores a quem a SEC tratou como 'coisas descartáveis' e que por causa dos esquemas processuais que com a colaboração do anterior administrador de insolvência foram inventando para adiar o mais possível aquilo que mais tarde ou mais cedo vai ter de acontecer: JUSTIÇA.

 

Para o Álvaro e evidentemente também para todos os restantes espoliados, vai a minha solidariedade.

 

O comentário:

 

Álvaro Barbosa a 26 de Julho de 2014 às 19:05
Boa tarde amigo Celestino.

Depois de ler todos estes comentários, e como ex funcionário da SEC lesado, sinto-me na obrigação de os comentar.
Após a insolvência ser decretada em 1-4-2014 pouco ou nada se tem feito.
Ou seja, foi nomeada uma leiloeira que depois de fazer o levantamento dos bens, se veio a verificar que está em falta uma boa parte dos mesmos.
Depois foi marcado o leilão pela leiloeira para o dia 23-7-2014.
Leilão esse que vergonhosamente foi marcado sem conhecimento nem autorização da Sr.ª administradora de insolvência, o que é lamentável.
É lógico e com toda a legitimidade que quando a Sr.ª Administradora teve conhecimento, actuou e bem, mandando suspender o leilão, não sendo este efectuado.

Um outro assunto que é verdadeiramente inadmissível e vergonhoso, é o ex gerente da SEC ainda não ter entregue à Srª Administradora da insolvência, o total da contabilidade da empresa e que já tanto foi solicitado.
Agora veja-se:Foi decretada insolvência em 1-4-2014. Estamos em 26-7-2014 e nada, quando uma das primeiras coisas a apreender num caso de insolvência é a contabilidade.

Sobre a dissimulação de património só não vê, quem não quer, pois está à vista de todos.
Posso adiantar que andam a vender património e outros é que andam a fazer as escrituras.
Como se pode verificar, o ex gerente da SEC não tem nada, mas é em nome dele.
Quanto ás viaturas pessoais dos administradores, é verdade que pertenciam à SEC e quando começou esta turbulência, mudaram de nome para as outras empresas que pertenciam aos mesmos administradores.
Quanto a outras viaturas referidas , se foram distribuídas por ex funcionários tive azar pois a mim não me calhou nenhuma.
Sobre os prédios urbanos e rústicos referidos, prefiro para já não fazer qualquer comentário. Mas costuma dizer-se que não há fumo sem fogo.
De qualquer maneira tantas se fizeram e continuam a fazer, mas mesmo tantas, que isto tem forçosamente de ser tudo investigado.
Afinal por muito menos, apresentam-se queixas no Ministério Público .
Este caso da SEC já há muito tempo que é um caso de Policia. Depois o Ministério Público que ordene se for caso disso (o que eu não tenho dúvidas) uma investigação a tudo que lhe for indicado.
Lamentavelmente, é o que terá de ser feito, quando se fazem as coisas de má fé.

ÁLVARO BARBOSA
publicado às 19:14

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D