Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA E O 'URBANISMO 'CRIATIVO' (EM ACTUALIZAÇÃO)...

E tal como já ontem previa fazer, hoje fui ao 'triângulo' das Rua e Travessa do Viveiro e Rua de Baguim em Alfena para actualizar o registo fotográfico do estado da controversa moradia que ali se ergue 'contra ventos e marés'...

 

(São fotos de 'tablet', porque quando dei por ela a minha Canon estava sem bateria, mas para o caso servem)...

 

Estava já na fase da arrumação do dito cujo, quando chegou ao local o dono da obra certamente chamado pelo pessoal do empreiteiro e não gostei da maneira como iniciou a abordagem - pouco amigável para o meu gosto - começando logo por questionar ("boa tarde para si também", apeteceu-me dizer-lhe) o meu direito de fotografar a construção...

 

Obviamente que eu não podia fazer outra coisa senão discordar frontalmente, mas ele optou por não insistir neste registo, até porque não adiantaria grande coisa se o fizesse, preferindo iniciar uma conversa já menos crispada sobre alguns detalhes relacionados com o processo de licenciamento.

 

Lá ficamos pois durante alguns minutos a discorrer sobre quem era mais ou menos culpado neste imbróglio e coisas assim, sendo que na opinião dele, a sua culpa não era nenhuma uma vez que fez tudo o que a Câmara (mandato anterior) lhe disse que podia ser feito e apenas isso.

 

Obviamente que nesta parte terá alguma razão, mas já não a tem a partir do momento em que o problema se levanta e ele em vez de fazer o que seria normal numa situação semelhante - pressionar o novo executivo da Câmara para que emitisse uma opinião actualizada sobre o conflito desencadeado pelo presidente da Junta de Freguesia de Alfena - resolve 'meter o prego a fundo' e começar a erguer muros a toda a volta tudo isto em tempo recorde e como se 'não houvesse amanhã'

 

Referi-lhe até e em pé de conversa que esta deve ser uma das poucas obras construídas de raiz onde se inicia tudo (aparentemente) 'ao contrário', isto é, pelos muros e pelas entradas...

 

Tudo indica pois, que tenhamos aqui um pequeno imbróglio para resolver, a não ser que se 'invente' uma qualquer solução urbanística para o local - colocando a rua do Viveiro sem trânsito automóvel por exemplo - mas que deixará sempre o problema (menor) da Travessa do Viveiro por resolver.

 

Seguem-se novos episódios 'dentro de momentos...


 

As novas fotos (de 'tablet'):

 

 

 

 

publicado às 18:38

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D