Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

AS 'ANGÚSTIAS EXISTENCIAIS' DE UM DEPUTADO MUNICIPAL DE VALONGO...

Na qualidade de deputado municipal eleito pelos valonguenses, existem duas atitudes com as quais eu antipatizo de forma quase visceral e das quais nunca me acusarão. 

A primeira de todas, é a de fingir que estou por dentro de todas as decisões importantes que se vão tomando  (ou se vão adiando) no meu Concelho.

A outra, não menos lamentável e que decorre da primeira, é não estar de facto informado sobre muitas matérias relevantes sobre as quais seria suposto (pelo menos para quem me questiona) eu estar informado e ficar a carpir mágoas por esse facto.

 

Depois, ainda resta aquela reacção nem sempre muito agradável de constatar em muitos dos que me abordam e que consiste em interpretarem a minha reserva - porque eu sempre prefiro começar com alguma reserva inicial - como um 'sinal' de que o mais provável é que eu saiba muito mais do que aquilo que deixo transparecer, "porque durante a campanha eleitoral eu me transformei numa peça fundamental do núcleo duro do actual presidente da Câmara e sempre demonstrei (?) que estava  por dentro de tudo e muito bem informado sobre quase tudo..." - acho que transcrevi quase literalmente dois ou três reparos perfeitamente explícitos feitos muito recentemente e em discurso directo, por cidadãos do meu Concelho... 

 

Que fique porém completamente claro:

 

Eu não me considero com direitos ou prorrogativas especiais relativamente a quem quer que seja e talvez por isso, também nunca fiz 'marcação cerrada' ao poder no sentido de integrar qualquer  'concelho de estado'  ou 'task-force' - estes sim 'geralmente bem informados' - no sentido de obter protagonismo.

 

Mas tal como as moedas, também esta atitude tem um reverso e que é o de não me sintir vinculado a qualquer tipo de gestão de silêncios estratégicos ou de conveniência...

 

 

 

 

 

publicado às 11:08

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D