Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

CAMARA DE VALONGO - O 'TRIGO E O JOIO'...

Ainda sobre o 'case study' da Câmara de Valongo...

 

Antes que seja tarde para o fazer - e também porque é justo que o faça neste momento - quero deixar claro o seguinte:

 

99,99% das denúncias e críticas que tenho vindo a fazer sobre a actual situação na Câmara têm como destinatário um único 'agente infeccioso' - não tenho 'aspas' maiores... - chamado José Manuel Ribeiro!

Por acção ou simples omissão dele, a Câmara tem sido governada pela maçonaria, pelo 'gang do urbanismo mafioso' e pela 'holding' que gere a nível nacional a distribuição do financiamento partidário do partido da rosa - em partes iguais ou desiguais pouco interessa, que o que conta verdadeiramente é o conjunto e não as partes.

 

Tenho apenas uma pequena dúvida que não tem muita relevância e que é a de saber se o vice-presidente não sabe, não quer ou não o têm deixado fazer melhor do que tem feito na sua área e tem sido de facto muito pouco.

 

Quanto aos dois restantes vereadores do executivo, do pouco que têm podido fazer com os escassos meios que lhes têm sido disponibilizados e por aquilo que conheço do seu trabalho, só posso fazer uma apreciação positiva.

 

De qualquer forma e sem qualquer desprimor pelo que têm vindo a fazer - e estou a ser sincero ao dizê-lo, sobretudo em elação a dois deles - terão de admitir que a 'fotografia' da Câmara de Valongo é ocupada na quase totalidade pela 'mancha desértica' que dá pelo nome de José Manuel Ribeiro, sobrando uns escassos 'pixels' para os restantes.

 

Concluo esta espécie de desagravo expressando um desejo:

 

Que o PS de Valongo consiga arranjar um cargo nacional qualquer, de relevância à medida e para onde possa remeter sem direito a devolução o 'irmão' José Manuel Ribeiro. A 'Loja Passos Manuel' da maçonaria portuguesa nem lhe sentirá a falta e o Concelho ganhará com a transferência.

Com José Manuel Ribeiro não há 'fotografia' que se salve nem Valongo conseguirá deixar de ser 'o bobo da festa' na roda dos vizinhos mais próximos!

publicado às 09:57

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D