Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

COISAS DE 'OUTROS TEMPOS' #5 - "PELA BOCA MORRE O PEIXE"...

In: VERDADEIRO OLHAR

OLHAR (IM)PARCIAL

peixe.jpg

 

Parem de brincar com a inteligência dos Valonguenses!

Alguém acredita que o Presidente de uma Câmara Municipal que possui duas Parcerias Público Privadas (PPP) no seu concelho para estacionamento de duração limitada, não sabe que gasta por ano 190 mil euros com as mesmas, pois coloca quase em exclusividade todos os fiscais municipais a fiscalizar esses mesmos estacionamentos de duração limitada em Ermesinde e Valongo?

Em Valongo, temos um Presidente de Câmara que diz em público desconhecer que tem uma "pinga no telhado" das contas da autarquia, no valor de 190 mil euros, cerca de 15 % de todo o investimento previsto para 2013, situação no mínimo estranha, pois a pessoa em causa anda pela Câmara de Valongo desde pelo menos 1993, pelo que conhece e acompanha o assunto desde há muito.

Na verdade, depois de muita discussão pública nos últimos anos em relação à desastrosa concessão dos estacionamentos em Ermesinde e Valongo, por acção da oposição, a actual gestão camarária não teve alternativa e foi forçada a fazer uma avaliação a essa parceria público privada.

Ora, tal avaliação, entre outras conclusões muito preocupantes e incómodas porque reveladoras de má gestão, diz-nos que "O Município de Valongo não tem, até à data, forma de verificar com rigor as receitas brutas de exploração apuradas com a exploração dos parcómetros por parte da empresa concessionária, uma vez que o sistema informático previsto na cláusula 12ª dos contratos de concessão nunca funcionou convenientemente".

Ou seja, devido a um problema informático sistemático nos últimos anos, aqueles que deveriam garantir a defesa do interesse público municipal, aceitaram de forma alegre e muito tranquila que um parceiro privado nunca cumprisse integralmente um contrato público assumido com a Câmara, situação ilegal e totalmente inaceitável.

É óbvio para todos que estamos perante uma situação de gestão danosa, mais uma da actual gestão camarária, que muito tem lesado e prejudicado o nosso município nos últimos 20 anos.

Seria de esperar que o principal interessado em esclarecer este assunto fosse o actual Presidente da Câmara, e por isso estranhamos o facto do próprio não ter avançado com uma participação criminal para se investigar e penalizar os responsáveis, tendo em conta que este tipo de situações configura um crime público, que não pode nunca ser omitido e antes pelo contrário deve ser denunciado e participado às autoridades!

Mas infelizmente o actual Presidente da Câmara, ou por desconhecimento da lei, ou por outras razões que a razão desconhece, fez de conta e tentou mais uma vez branquear uma gritante situação de gestão danosa aos olhos da lei e dos cidadãos.

Ora sejamos sérios, um Presidente de Câmara que não tem consciência dos seus deveres não está à altura desse cargo, pois quer ele queira quer não queira, deve ser ele, em qualquer situação e perante qualquer pessoa, o primeiro a garantir a legalidade em todos os negócios da autarquia, pois a isso está obrigado pela lei.

Em boa verdade, não é por acaso que o Povo na sua imensa sabedoria diz que "o pior cego é aquele que não quer ver", e em Valongo, infelizmente, continuamos a ter uma gestão camarária que finge há demasiado tempo não ver o que todos no concelho já viram há muito!

Por estas e por muitas outras o actual ciclo do PSD na Câmara de Valongo chegou ao fim, e neste momento só falta saber como irão sair de cena, se com humildade democrática num "jogo" limpo e utilizando "armas" iguais, ou se, com a arrogância de quem está deslumbrado e agarrado ao poder, que "joga" baixo e utiliza os cargos e a máquina pública da Câmara Municipal para fins eleitoralistas.

Parem de brincar com a inteligência dos Valonguenses!

____________________________________

 

Não, não fui eu a escrever este artigo - também escrevia no Verdadeiro Olhar, mas este não escrevi...

 

Também não foi ninguém da CDU, do Bloco de Esquerda, tampouco da CORAGEM DE MUDAR...

 

Acabando com o suspense, 'quem assim falou (escreveu) não era gago' e estava certo! Perdeu entretanto todo o crédito ao ter oportunidade para pôr em prática o que então pensava não fazendo nada - que se saiba...

 

Sim porque foi José Manuel Ribeiro que escreveu isto e ele agora é O PRESIDENTE DA CÂMARA!

 

 

 

publicado às 23:11

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D