Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

DE ALFENA A SOBRADO (VIA M606) EM 'TODO O TERRENO' - APENAS...

Captura de ecrã 2016-02-24, às 18.25.54.png

 

Na última sessão da Assembleia Municipal de Valongo o ainda presidente da Câmara de Valongo soltou (mais) um inconsequente 'sound bite' sobre a plataforma logística da Jerónimo Martins em Alfena.

 

Já lá vamos...

 

(Parêntesis para explicar o uso do advérbio 'ainda': Sendo as eleições autárquicas já no próximo ano, tenho para mim que mais ou menos 100 milhões de valonguenses nem sequer equacionam a remota hipótese do Partido Socialista repetir o 'tiro no pé' voltando a indicar José Manuel Ribeiro como candidato à Câmara).

 

Voltemos ao 'sound bite'...

 

"Hoje mesmo tive uma reunião com o CEO da Jerónimo Martins e consegui que para além da acordada  beneficiação da M606 desde o local da plataforma até Sobrado, eles beneficiem também o troço até à Codiceira" - José Manuel Ribeiro dixit...

 

É extraordinária a falta de decoro com que José Manuel Ribeiro e este executivo tentam amenizar o mega-processo de corrupção e/ou enriquecimento ilícito associado ao empreendimento! 

Quer queiramos quer não e independentemente da Jerónimo Martins aparentemente nada ter a ver com o mesmo, a verdade é que na génese deste empreendimento e a montante, existe uma história sinistra e muito comprometedora para ser contada.

 

Mas quanto à dita beneficiação, falemos claro...

 

A Jerónimo Martins não tinha acordado coisa nenhuma! A estrada tinha forçosamente de ser reparada, depois da destruição provocada pela circulação intensiva dos camiões de e para o local da obra!

Dirão os batedores de palmas do presidente da Câmara: "pois, mas o piso já estava degradado e se não fosse o investidor a repará-lo teria de ser a Câmara a fazê-lo...".

Qual foi a parte do "quem estraga velho paga novo" que este executivo e respectivos batedores de palmas ainda não perceberam?

 

Já quanto ao troço até à Codiceira...

 

Não será difícil perceber que no acerto final das contas com dono do empreendimento logístico, o enriquecimento ilícito proporcionado por José Manuel Ribeiro à Novimovest/Santander - inicialmente estávamos a falar de um montante a rondar 16 milhões de Euros - chegará e sobrará para compensar a Jerónimo Martins desta 'magnanimidade' de última hora. Ela foi apenas e só, mais uma 'rodela do pequeno chouriço' oferecido à Câmara em troca do anafado 'porco' levado pela Novimovest.

 

Entretanto a minha denúncia junto do Ministério Público continua a fazer o seu caminho...

 

Mais uma vez repito, para que os demagogos e venenosos do costume não me acusem de estar a tentar prejudicar um investimento que alegadamente irá criar umas centenas de postos de trabalho, que a Jerónimo Martins nada tem a ver com essa denúncia!

O 'roubo de igreja' começa muitos anos atrás, nos tempos de Fernando Melo e José Luís Pinto, mas só o 'flic-flac à retaguarda' de José Manuel Ribeiro permitiu que ele se consumasse. A Jerónimo Martins foi apenas e na circunstância, o muito oportuno 'abre-portas'...

 

Já agora, chegam-me através de vários munícipes, notícias sobre a degradação extrema da M606. Espero por isso que se ainda não começaram as obras de beneficiação elas se iniciem com a máxima urgência possível.

publicado às 17:10

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D