Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ESTARÁ A CÂMARA DE VALONGO ACIMA DA LEI?

CMV_20150716_151726.jpg

 

Ontem foi dia de reunião pública de Câmara.

 

Estive lá, como habitualmente e no final, no período reservado às intervenções do Público, coloquei ao Presidente duas questões.

 

Já lá vamos...

 

Antes porém, quero confirmar que a Câmara continua a ser gerida de forma lamentável e contrariando todas as repetidas afirmações de boas práticas e transparência. 

Um dia destes darei mais pormenores sobre despesismo injustificado para o 'tró-ló-ró' do costume, versus falta de dinheiro para as coisas essenciais e que mexem com o dia a dia e a vida do cidadão comum de Valongo.

 

Sobre a preparação das reuniões e a condução dos trabalhos durante as mesmas, mantém-se a desgraça que se transformou em regra neste mandato. Ontem e uma vez mais, houve necessidade de retirar um assunto da Ordem do Dia por estar mal elaborada a respectiva fundamentação.

Consolida-se ainda a tendência de diminuição do número de munícipes que fazem o sacrifício de participar nas reuniões públicas de Câmara e esta diminuição só tem uma explicação: cansaço e desilusão face a tanto amadorismo!

 

O assunto de maior destaque de ontem foi a aprovação do início do processo de expropriação do Campo de Futebol dos Sonhos - do Ermesinde Sport Clube 1936.

Mesmo assim a oposição teve de calar muitas críticas relativamente à forma como este assunto tem sido gerido, isto para não prejudicar o objectivo maior que é o de resolver o problema da posse daquela infra-estrutura desportiva.

A deliberação foi por isso aprovada por unanimidade - uma unanimidade meramente estratégica portanto e colada com 'agrafes'...

 

Sobre as questões que coloquei:

 

1) Lei das Incompatibilidades (*)

"Pode o Sr. Presidente garantir que a Câmara está a respeitar a legislação no que toca aos seus funcionários?"

 

(*) - Lei 193/93 de 27 de Maio e 169/99 de 18 de Setembro

 

Presidente: "Assim em abstracto não sei que lhe responder... Pode indicar algum caso?"

 

É claro que pude.

 

(Um dos principais visados, adjunto do Presidente, estava presente na sala e tive que explicar que antes de colocar esta questão - que aliás já esteve inscrita na reunião anterior mas foi adiada por iniciativa minha -  tentei uma série de telefonemas para o eng.º Paulo Ferreira que me 'mandou' literalmente para o voice-mail...).

 

Paulo Ferreira_1.png

Paulo Ferreira_2.png

 

2) Banco de Horas dos funcionários da Câmara (**)

 

"A Câmara tem ou não um 'banco de horas' - grupal ou individual - e tendo, está a cumprir o que a Lei  determina?"

 

(**) - Lei 23/2012 de 25 de Junho 

 

A resposta endossada ao Sr. vice-presidente é curiosa: "quando os Serviços precisam que as pessoas prolonguem o seu período de trabalho depois são compensadas"'...

 

Ai, ai, ai! Se este e outros assuntos que têm a ver com Direitos dos trabalhadores pudessem ser administrados com este nível de informalidade, então seria talvez o caso de dispensar metade dos legisladores que pagamos a peso de ouro. Mas não podem, Eng. Sobral Pires!

 

'Sem dinheirinho ou banquinho de horas, não há trabalhinho' senhores Presidente e vice-Presidente!

 

publicado às 12:13

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D