Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

FALANDO COM UMA CADEIRA VAZIA...

Captura de ecrã 2016-10-30, às 21.01.16.png

 

Em 28 de Abril de 2012 escrevi no blogue do costume isto:

 

Ver artigo completo AQUI:

 

Captura de ecrã 2016-10-30, às 20.49.21.png

Dada a provecta idade do presidente/ausente - que novidade! - da autarquia falida, o resultado da tal soma (ainda) deveria ser igual ao de antigamente. Porém, devido à sua permanente ausência em serviço o que o força a deixar a Câmara entregue a gente mais jovem, o resultado é o tal 'erro' que Rogério Palhau fez questão de registar.
Depois foi José Manuel Ribeiro, da bancada do Partido Socialista e bem ao seu estilo, a resolver ontem falar 'mesmo para a cadeira vazia' do presidente e não para o seu substituto natural e habitual, presente na mesa, João Paulo Baltazar. Foi um bom momento de humor, apesar de alguns - que novidade! - não terem gostado.
Não reparei se a cadeira vazia tinha algum dispositivo de videoconferência ligado, mas se tinha, o titular já deveria estar a repousar, porque não se pressentiu nenhuma resposta.
Claro que as críticas feitas por José Manuel Ribeiro, não ficaram sem a resposta do vice presidente e habitual presidente em exercício, que não se fez rogado e começou a 'traduzir' para todos - público incluído - as 'respostas' da vazia cadeira.
Também não consegui confirmar se tinha colocado na 'vice presidencial orelha' algum auricular com ligação bluetooth ao espaldar do presidencial e vazio assento(...)

____________________________________________________________________________________________

Se bem me lembro, Afonso Lobão (então vereador sem pelouro na Câmara e ao mesmo tempo líder da concelhia do PS) numa entrevista a um Jornal local, terá sugerido o internamento compulsivo em psiquiatria, da 'jovem promessa' da bancada socialista.

 

Ninguém lhe deu ouvidos - psiquiatria é uma área muito sensível em que os especialistas solicitados a validar medidas extremas como a sugerida hesitam sempre, com receio talvez de que os acusem de serem mais loucos do que os que se propõem internar...

 

Portanto...

 

A jovem 'promessa' - agora lamentável e renovada certeza - do PS Valongo, continuou entre nós, eventualmente com medicação adequada e em regime ambulatório, mas com 'o ar do costume' de habitante de outro planeta que não este em que vivemos .

 

Afonso Lobão, esse desapareceu do nosso quotidiano municipal e até acho que fez bem. 

 

Por um lado, porque o (ainda) presidente da Câmara 'vai a todas' incluindo às sessões da Assembleia Municipal - como é que ele poderia privar-nos do inefável prazer que nos dão as suas longas conversas redondas? -  e as hipóteses de algum dia encontrar uma cadeira vazia para conversar são praticamente inexistentes.

Depois, porque os eucaliptos plantados no 'condomínio da Avenida 5 de Outubro' secaram tudo à volta num raio de vários hectares e até o pequeno oásis das reuniões públicas de Câmara já secou ficando reduzido às mirradas dimensões dos tempos do senhor idoso.

Quem para ali for, por obrigação ou mero e teimoso exercício de cidadania, o melhor é levar cantil e alguma fruta, não vá tombar de inanição...

 

 

publicado às 20:45

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D