Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

JORNALISTAS COM 'PÉS DE BARRO'...

 

Captura de ecrã 2019-01-21, às 22.49.50.png

Em Loures a troca de lâmpadas e casquilhos por parte do genro de Jerónimo de Sousa (secretário-geral do PCP) deu origem a um monumental curto-circuito cujo 'arco eléctrico' continua a chamuscar tudo o que mexe em redor.

 

Demagogias (da Ana Leal e da TVI) à parte, algumas questões se colocam sobre este tema:

 

* Porque raio é que Jerónimo de Sousa - ou o PCP - são colados a toda esta polémica? Por acaso é o Jerónimo de Sousa o presidente da Câmara de Loures?

 

* Porque raio é que a grande Jornalista Ana Leal - pensava eu, começo a ter dúvidas e tendo a abandonar definitivamente tal ideia - elegeu o "ajustesinho directo" feito pelo Bernardino Soares - que por acaso tem cartão do PCP - para que o outro Bernardino com Jorge em primeiro lugar - que por acaso casou com uma senhora que é filha de Jerónimo de Sousa mas que tem personalidade jurídica própria - procedesse à pelos vistos intensa troca de lâmpadas e casquilhos como quem corta bifes do acém no talho do Zé da esquina?

 

(A mesma Ana Leal a quem eu enviei informações e alertas muito relevantes sobre "ajustes directos e outras manigâncias" de dimensão quase bíblica que têm acontecido aqui por este lamentável subúrbio chamado Valongo - incluindo o famoso 'negócio dos 16 milhões de euros ganhos em meia hora' - disponibilizando-me para conversar com ela sobre tudo isso, nem sequer me respondeu - porque pelos vistos prefere casos mediáticos que envolvam simultaneamente contornos partidários que tendam a chamuscar, evidentemente, as forças políticas que os seus patrocinadores também combatem). 

 

(Os ajustes-directos nas autarquias - e não só - são meros eufemismos para o favorecimento ilícito, para a subversão do princípio da livre concorrência no acesso à manjedoura dos Orçamentos, para acções de nepotismo.

E esta minha interpretação é inegociável!)

 

* Não é Bernardino Soares apenas mais um entre pares que até invoca as "leis do mercado" para justificar o preço ajustado com Jorge Bernardino?

(Karl Marx deve ter-se fartado de dar voltas na tumba ao ser informado desta justificação por parte de um marxista-leninista!).

 

* Mas não é assim em quase todas as autarquias independentemente de serem lideradas pelo Bloco de Esquerda, pelo PSD, pelo CDS, pelo PCP ou pelo PS?

 

* Qual é então a lógica - que me escapa - para que a oposição na Câmara exija explicações a Bernardino Soares?

 

* Porque é que a oposição em Valongo (na Câmara e na Assembleia Municipal) - Bloco de Esquerda, CDS e PSD - não pede explicações ao PS sobre os sucessivos ajustes directos com o escritório de advogados de Ricardo Bexiga?

 

* Ou sobre os ajustes com empreiteiros do regime para compensar os patrocínios das EXPOVAL deste País?

 

* Ou não diz nada sobre os ajustes com as esposas de colegas de outras Câmaras para "fazer coisa nenhuma"?

 

* Ou porque aceita participar em colóquios de utilidade duvidosa inventados para retribuir aos JN deste País (com a realização de conferências sobre a felicidade) as generosas massagens de ego em versão "espelho meu" que estes vão prodigalizando regularmente ao presidente do subúrbio?

 

* Ou, ou...?)

 

Portanto...

 

Eu não sou membro do PCP (é verdade que já por lá andei há alguns anos atrás, porém, discordâncias profundas determinaram o meu afastamento) mas a forma como Ana Leal pegou neste assunto é rasteira, de muito mau gosto e só prova que ser um Grande Jornalista não é para quem quer mas para quem pode e Ana Leal evidentemente que quer. Às vezes consegue mas desta vez não foi o caso!

publicado às 22:58

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D