Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

MALFEITORIAS DA 'JOVEM PROMESSA' VALONGUENSE - 'SEQUELA NÚMERO NÃO SEI QUANTOS'...

Este foi o post que fez 'saltar a tampa' a José Manuel Ribeiro, presidente da Câmara de Valongo e o fez partir para 'vias de facto' - as vias da Justiça - contra a minha pessoa.

 

Na sequência da divulgação que fiz há meses atrás da autoria do 'Polvo à Vallis Longus' e que colheu de surpresa mesmo os seus colaboradores mais directos, o presidente-maçon de Valongo 'passou-se literalmente dos carretos' e pôs o seu amigo e camarada de partido, ex-candidato derrotado à Câmara da Maia e agora advogado contratado da Câmara de Valongo pago por todos nós Dr. Ricardo Bexiga a redigir a toda a pressa a queixa contra mim que deu entrada a 20 de Maio último no MP de Valongo.

 

 

É (apenas) mais uma tentativa entre as muitas já tentadas, de amordaçar este Blog e o seu autor.

 

Porém...

 

A TERRA COMO LIMITE continuará a ser "Um espaço onde escreverei sobre tudo, sobretudo, sobre tudo que seja capaz de captar a minha atenção. Um espaço onde o limite não limita - apenas delimita"Apesar de todas as tentativas de José Manuel Ribeiro e outros que tais...

______________________________________

 

Captura de ecrã 2015-03-22, às 13.38.08.png

 

 (Dicionário Priberam)

________________________

 

Captura de ecrã 2015-03-22, às 15.09.29.png

Pois é, mudam-se os tempos mudam-se as vontades e quando escolheu para a sua campanha o slogan 'MUDAR VALONGO', José Manuel Ribeiro - de facto - nunca nos prometeu que essa mudança seria a mesma em que estávamos a pensar: para melhor!

 

Até  2013 o actual presidente da Câmara de Valongo, José Manuel Ribeiro, denunciava os seus antecessores por gestão danosa, por défice de solidariedade para com os mais desfavorecidos, por falta de transparência, por favorecimentos vários de amigos e correligionários através dos 'famigerados ajustes directos', enfim, por corrupção...

 

1)

Captura de ecrã 2015-03-22, às 16.11.07.png

 

Em vésperas de eleições, José Manuel Ribeiro pediu-me a colaboração para elaborar o flyer clandestino "POLVO À VALLIS LONGUS". Nem mesmo muitos dos elementos da sua lista mais chegados aos 'lugares cimeiros' sabiam que a publicação anónima distribuída massivamente pelos eleitores de Valongo foi patrocinada pela nossa lista - patrocinada mas não paga, porque ingenuamente e na base  da confiança, eu aceitei dar sequência ao seu pedido e ainda hoje estou sem ver a "cor" de 350 Euros!

Aliás, e apesar das dívidas que tem para saldar, o José Manuel Ribeiro nem sequer institucionalmente fala comigo...

 

José Manuel Ribeiro não é pois - por esta e muitas outras razões - uma pessoa de confiança!

 

2)

Já depois das eleições e no período que antecedeu a sua tomada de posse, José Manuel Ribeiro enviou-me um pedido urgente para denunciar na minha página do Facebook uma alegada acção do seu antecessor que recorrendo à colaboração do marido de uma funcionária superior da Câmara "estaria a apagar informação sensível dos arquivos da Câmara".

Como é evidente, a pessoa em causa intentou uma acção contra mim por denúncia caluniosa e depois de me andar a tranquilizar durante meses sobre as provas que tinha e a incentivar-me a não aceitar qualquer acordo, José Manuel Ribeiro deixou-me só na altura em que ou fazia o dito acordo ou o assunto seguiria para Tribunal.

Fiz obviamente o acordo com a pessoa visada e ainda hoje não consigo chegar à fala com José Manuel Ribeiro - ou com algum dos seus 'adjuntos' no sentido de acertar os custos...

 

José Manuel Ribeiro não é pois - por esta e muitas outras razões - uma pessoa de confiança!

 

3)

Captura de ecrã 2015-03-22, às 16.17.01.png

José Manuel Ribeiro mandou-me em vésperas de eleições um extenso dossier com várias fotos e um texto explicativo, sobre as obras clandestinas da então vice-presidente Dr.ª Maria Trindade Vale, para que eu fizesse a denúncia no Ministério Público.

Fi-lo em sua substituição, dando a cara e nunca me escondendo por trás de qualquer pseudónimo confortável.

Para surpresa minha, ganhas as eleições, José Manuel Ribeiro não tardou em fazer 'selfies' com a senhora vereadora e presidente da ADICE - como se não tivesse sido ele o 'afiador' da faca que por interposta pessoa lhe tinha espetado pelas costas meses antes...

 

José Manuel Ribeiro não é pois - por esta e muitas outras razões - uma pessoa de confiança!

 

4)

José Manuel Ribeiro apresentou em Alfena um candidato de quem sou amigo e uma lista com pessoas de bem que acreditaram todas - as que eram militantes do seu Partido e algumas outras sem filiação partidária - que a candidatura era mesmo para levar a sério. Aliás, pode-se dizer sem risco de desmentido, que por acreditarem que assim era, é que todos 'deram o litro' nas acções de campanha e Alfena foi, de todas as freguesias do Concelho, aquela onde a campanha foi mais intensa e 'mais porta-a-porta'!

Afinal, José Manuel Ribeiro tinha - e tem - um 'acordo secreto' com Arnaldo Soares em que aceitava não o atacar - tentou por várias vezes convencer-me a moderar as publicações no meu Blog em que aquele fosse o visado - para que ele o apoiasse na votação para a Câmara.

Portanto, para José Manuel Ribeiro o candidato do PS em Alfena, o meu amigo Eng.º. José Luís Marques, era apenas 'a fingir' e para 'cumprir calendário'.

A esta distância percebemos já um pouco melhor porque é que a seguir às eleições, o presidente da Câmara sempre que vinha a Alfena participar em iniciativas públicas, convidava Arnaldo Soares e se 'esquecia sempre do seu primeiro deputado na Assembleia de Freguesia!

 

José Manuel Ribeiro não é pois - por esta e muitas outras razões - uma pessoa de confiança!

 

Mas não é apenas nestes exemplos compilados ao acaso que se prova que José Manuel Ribeiro está já muito para além das malfeitorias que andou a denunciar ao longo dos anos - em relação a Fernando Melo e mais tarde a João Paulo Baltazar.

José Manuel Ribeiro é neste momento a prova viva da desfaçatez de uma certa classe de políticos oriundos dos inesgotáveis e lodosos viveiros das várias 'jotas' e consegue como quase todos eles, provar que por pior que as coisas estejam, é sempre possível fazer pior!

 

José Manuel Ribeiro prometeu mais transparência para a Câmara e publicar na página do Município todas as despesas com as várias iniciativas levadas a cabo por esta.

 

Desafio os mais atentos e mais pacientes a encontrarem - refiro apenas três eventos ao calhas - exemplos de que está a cumprir o que prometeu:

 

- Os custos com a Festa da Mulher na Vila Beatriz (15 mil Euros que incluem o aluguer de uma tenda e o concerto da Mónica Sintra) e não contemplados no Orçamento;

 

- Idem para a inauguração da Casa da Juventude, também na Vila Beatriz (cujos custos se desconhecem):

 

Idem para o evento 'Vila Doce' que irá decorrer também na Vila Beatriz (30 mil Euros que incluem o aluguer da mesma tenda e o cachet da Xana toc-toc) igualmente não orçamentado;

 

Com tantas carências que existem em Valongo, com tantos problemas que se arrastam ao longo dos anos por falta de meios, com as populações dos bairros sociais a reclamarem há anos obras urgentes nas suas modestas habitações, com muitas estradas e arruamentos ao nível do terceiro mundo, José Manuel Ribeiro, com um quadro de funcionários na área da cultura - neste caso - capazes de fazer mais e melhor, prefere contratar empresas amigas à margem do Orçamento em vez de usar a 'prata da casa' pagando algum do trabalho suplementar prestado, bem como as despesas de alimentação associadas!

 

José Manuel Ribeiro não é pois - por esta e muitas outras razões - uma pessoa de confiança!

 

E existem muitas outras razões que 'desaconselham' José Manuel Ribeiro e sobre as quais falarei em breve...

 

Perante este 'upgrade' do actual 'prefeito' às malfeitorias que o precederam e que as transforma em quase "inofensivas partidinhas" pregadas aos valonguenses, fica cada vez mais estranho e 'ruidoso' o silêncio do PSD...

Sabendo todos nós embora, que não é com rotativismos ao nível do 'arco da governação' que as coisas melhorarão muito para Valongo, vejam lá mesmo assim se resolvem depressa os vossos problemas de sucessão concelhia - para começarmos a dar pela existência da oposição, cujo  sinal de vida, modesto e inerente à sua representatividade, nos chega apenas através do Vereador da CDU Adriano Ribeiro...

 

 

publicado às 14:37

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D