Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

MÚSICA E RUÍDO, EXISTE DIFERENÇA? EM ALFENA (por vezes) NÃO...

Existe uma regra básica muito recomendável para aqueles que costumam - como eu - reagir a quente perante comportamentos social ou até criminalmente condenáveis porque lesivos de direitos fundamentais próprios ou de terceiros e que consiste em 'contar até 10' antes de reagir. Parte da irracionalidade que todas as reacções imediatas comportam atenua-se e no fim fica aquilo que verdadeiramente importa e que é o que vou dizer a seguir.

 

Captura de ecrã 2019-06-16, às 10.48.47.png

E se bem contei, '10' é mesmo o número de dias que hoje se completam relativamente ao início do evento que teve lugar a semana passada no Parque Vale do Leça em Alfena - XII Concentração Motoclube de Alfena.

Viver em sociedade implica no cumprimento de regras e os direitos de uns, às vezes colidem de forma mais ou menos evidente com os de outros, sendo que no caso deste tipo de eventos - um direito da prestigiada associação da minha terra colidiu de forma demasiado evidente com o direito ao descanso à tranquilidade da maioria dos alfenenses.

Não é possível organizar uma festa deste tipo sem desagradar a alguns - ou até a muitos - até porque existe gente que por hábito ou necessidade se 'deite com as galinhas' mas existe sempre - e neste evento também deveria ter existido - um ponto de equilíbrio e de compromisso mínimo entre os direitos e deveres de uns e de outros.

Agora o que não é admissível - em circunstância alguma - é que se tenham mantido os decibéis do divertimento a 'bombar' nos ouvidos dos alfenenses até às 4 horas e meia da madrugada!

 

Sobre a Câmara que licenciou o evento - em que moldes o fez?

 

Existe uma Lei sobre o ruído a qual prevê determinadas excepções para estes eventos. Será que esses limites foram acautelados pela Câmara e respeitados pelos organizadores?

Em que moldes é que a GNR de Alfena - a quem compete a manter da Lei e da Ordem e zelar pela segurança e tranquilidade dos cidadãos - cumpriu a sua obrigação e a fez cumprir àqueles que eventualmente a terão esquecido?

 

Sobre o Motoclube de Alfena - o organizador...

 

Tendo esta Associação a pretenção de manter, consolidar e alargar a implantação e o reconhecimento que já  tem ao nível local, será que considera possível conseguir isso com o impacto negativo que este tipo de eventos tem sempre na opinião pública, sobretudo ao nível dos seus concidadãos?

Já perguntaram aos idosos do Lar do Centro Social e Paroquial de Alfena, aos vizinhos do perímetro próximo do evento - Rua da Várzea, Sá Carneiro, Lombelho, etc. - o que têm a dizer sobre o mesmo?

 

(E para que não se diga que estou a agir em causa própria - mas ainda que estivesse, ela seria igualmente legítima - declaro desde já que 1) deito-me sempre muito tarde; 2) a minha casa tem um bom nível de insonorização. Portanto, em termos pessoais e mesmo familiares, o evento não me prejudicou de forma significativa).

 

Sobre a GNR de Alfena - a quem competia acompanhar e fiscalizar...

 

A GNR e as autoridades policiais em geral estão por vezes demasiado 'visíveis' em situações em que bem dispensaríamos a sua presença sem que daí resultasse qualquer prejuízo para a sociedade. Será que também esteve visível - e actuante perante a situação relatada? É que se esteve, então o assunto ainda assume contornos mais preocupantes!

Ao longo da semana fui tentando marcar uma breve audiência com o comandante do nosso posto da GNR - "está em serviço na organização do evento nacional do automobilismo", "está em serviço externo", foram-me dizendo em resposta às minha tentativas. Tive de desistir de falar com ele - sobre esta situação, evidentemente...

_________________

PS:

Já durante o dia de hoje segunda-feira, tive oportunidade de falar ao telefone com o comandante da GNR de Alfena e de confirmar os procedimentos legais que o evento envolveu. 

Não que isso pudesse alterar significativamente o que escrevi, mas gostaria de ter podido fazê-lo antes da publicação do 'post' e tal só não foi possível porque o senhor comandante de posto tentou ligar-me na sexta-feira por um número que não o do posto e que não estando identificado nos meus contactos eu não terei atendido.  Fê-lo hoje e fiquei a saber:

a) O evento estava licenciado pela Câmara para decorrer até às 4 da manhã e isso estará previsto na Lei e no poder de decisão do presidente da Câmara;

b) A representação da GNR no Conselho Municipal de Segurança estará atribuída ao Destacamento (Santo Tirso). Por isso o comandante do posto de Alfena não teeve - nem terá em iniciativas similares - qualquer possibilidade de falar sobre este tipo de eventos nem sobre a alocação de meios que sendo limitados, ao serem destacados para os mesmos terão seguramente de prejudicar outras tarefas;

Foi bom termos falado e é sempre gratificante constatar que a 'nossa' GNR - e o seu comandante - não estão fechados num bunker 'algures' na cidade e longe dos cidadãos. Para alguns 'comentadeiros' idiotas que imaginaram(?) ter lido no meu 'post' um ataque à GNR, lamento desiludi-los mas andam a 'ver coisas', o que pode ser grave.

publicado às 10:35

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D