Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

O CASO SÓCRATES, A 'CABALA' E O SENHOR IDOSO ENTREGUE A SI PRÓPRIO...

Captura de ecrã 2014-11-26, às 17.02.53.png

O pior contributo que alguém que não se sinta bem  com o tipo de País em que vivemos pode dar para a implantação de um Estado de Direito em Portugal - eu disse implantação, porque Portugal não é um Estado de Direito - é continuar a comportar-se como se comportam as 'famílias' do futebol quando o seu presidente é acusado de oferecer 'fruta' aos árbitros, de fugir aos impostos, de violar as leis do País, ou até mesmo de burlar o próprio clube.

 

Vem isto a propósito do 'assunto da semana, do mês e quiçá do ano' que é o caso de José Sócrates...

 

Deixemos a Justiça funcionar e exijamos dela, independentemente de gostarmos ou não da personagem em questão, que lhe proporcione todas as garantias de defesa e que o trate nem pior nem melhor que qualquer outro preso preventivo.

Transformar a prisão de Sócrates num caso político é lamentável e além do mais, é o pior apoio que aqueles que por razões pessoais, sentimentais ou políticas se sentem solidários com ele, lhe podem dar.

É igualmente quase idiota transformar os meios de comunicação - TV's, Jornais, Rádios - nos maus da fita. Bem ou mal - muitas vezes mal - eles fazem apenas o seu trabalho e nunca é uma boa ideia optar pela solução mais fácil e mais à mão que é  'matar o mensageiro'.

Reduzir ainda o caso de José Sócrates - apenas um entre vários que, ao que dizem, pendem ou já penderam sobre ele  - à tese da 'cabala' também não anda longe da idiotice mais básica.

 

Por último, condicionar qualquer acção mais 'musculada' da Justiça, como é este caso, a igual procedimento relativamente a 'todos aqueles que nós sabemos e que continuam por aí a dizer que os políticos não são todos iguais ou de submarino a tiracolo', é fazer o jogo deles, permitindo-lhes que continuem a 'ver as vistas' do lado de fora do calabouço.

O coro de algumas 'carpideiras' de vestes cor de rosa que disputam os microfones da comunicação social - aquela que tanto criticam - com a narrativa da vitimização e do discurso idiota sobre o 'estadista-filósofo', não vai de forma alguma amenizar o seu cativeiro nem tampouco apressar o daqueles que suportam a actual desgovernação e que é a mais corrupta, a mais antipatriótica e a mais condenável dos últimos 40 anos de Democracia.

 

Em jeito de nota de rodapé, eu acho que Mário Soares deve ter 'rectaguarda familiar'...

Se tem, vejam lá se não largam o homem da mão! Foi constrangedor ver hoje o antigo presidente da República à porta da penitenciária de Évora a ser massacrado pelos 'média', à beira de uma apoplexia e sem ninguém por perto que o tirasse dali e o levasse para o conforto do sofá.

Tive pena do motorista que ali o levou no Mercedes topo de gama e do seu ar aflito - deu para ver que não tinha à-vontade suficiente para lhe dizer "já chega! vamos p'ra casa!"...

 

 

publicado às 11:26

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D