Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

PARLAMENTO HOJE - DEPUTADOS COM INTESTINO NO SÍTIO DO CÉREBRO...

Captura de ecrã 2015-02-5, às 22.32.16.png

 

Este o momento em que "um cretino cujo nome nem me dei ao esforço de memorizar" bolsou o insulto à mais mediana inteligência do Povo...

 

No decurso do debate parlamentar de hoje, a direita mais torta desta Europa torta perdeu o que ainda lhe restava de algum respeito que muitos portugueses ainda acham que lhes deve ser guardado pelo facto de terem sido eleitos.


Hoje, aquela cambada de imbecis - os que vomitaram infâmias e os que lhes bateram palmas de forma alarve - tentou a fuga para a frente para esconder o trabalho de exterminador de velhos e doentes levado a cabo pelo seu ministro da Saúde - OOOPS! - da morte, sob a batuta do seu 'ministro alemão' Passos Coelho e que ontem deu o lamiré para as infâmias de hoje. E a forma mais elaborada que o bando de cretinos pôde encontrar, foi acusar a esquerda "de estar ao lado do grande capital e das farmacêuticas", ao colocar pressão sobre o governo e "dificultando assim a negociação com a farmacêutica". Negociação essa que o ministro vem arrastando - parece até que deliberadamente - há quase um ano em torno do preço do fármaco inovador para a cura da hepatite C (o Sofosbuvir).


Isto é, a direita mais torta desta Europa torta quer ter todo o tempo do mundo para poder reduzir ao "mínimo orçamentalmente aceitável" o número de destinatários do fármaco - deixando que a natureza lhes facilite a tarefa e enquanto isso e para fingir que faz alguma coisa, acompanha esse "processo natural" com uma negociação 'pró-forma' com o tal do grande capital.

 

'Lamentavelmente', a esquerda  não se presta ao vil papel de colaborar no extermínio e ao não entrar nesse jogo, está a fazer o jogo do grande capital!


Pensávamos nós que já tínhamos ouvido tudo...

___________________

 

PS: Afinal, bastou aquele "par de estalos" no ministro, ontem no Parlamento, dado por um dos muitos portugueses a quem ele tem vindo a adiar o pleno direito à vida,  para que o processo negocial com o grande capital se desbloqueasse. 

Prova-se portanto que o episódio de hoje no debate parlamentar, não passou mesmo de uma "crise diarreica" que se manifestou através de uma saída errada - conferir AQUI...

publicado às 22:01

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D