Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VOTO DE SILÊNCIO...

 

Às vezes é bom lembrar...

A propósito dos muitos possíveis arguidos no processo Casa Pia - que só não o foram por força do seu estatuto social e político - é bom recordar este "famoso" e as tentativas que fez para silenciar uma das vítimas.

Em vez de se armarem em virgens inocentes e ofendidas, o que os arguidos que foram condenados em primeira instância deveriam fazer, era abrir de facto a "caixa de Pandora" e deixar correr a tinta. Pode ser que na divisão de culpas com muitos outros famosos e influentes, eles até conseguissem ganhar alguma coisa.

Preferiram no entanto fazer "voto de silêncio", por isso parem de se queixar!


Jaime Gama, presidente da Assembleia da República, apresentou uma queixa particular por difamação e injúrias, contra o jovem que referiu o seu nome no decorrer da investigação do mega-processo Casa Pia. Depois do Tribunal Criminal de Lisboa absolver o ex-casapiano em Junho de 2008, o dirigente socialista recorreu, mas esta quinta-feira soube-se que o Tribunal da Relação de Lisboa manteve a decisão da primeira instância.

IOL-30 Abril 2009

publicado às 13:36

A "FACE OCULTA" DO PRECESSO CASA PIA...

(...)  Em entrevista esta noite à TVI24, o advogado José Maria Martins, que defendeu Carlos Silvino (Bibi) no processo Casa Pia, afirmou que o Partido Socialista (PS) e a maçonaria interferiram no processo e defendeu os seus homens porque há nomes que não foram a julgamento só porque os crimes prescreveram.

«É pena que não tenham sido julgadas mais pessoas, havia mais pessoas que na nossa óptica deviam ser julgadas. A investigação foi perturbada por uma pressão enorme do poder político junto da Polícia Judiciária, dos juízes do Ministério Público», afirmou.

«Na Assembleia da República, o Partido Socialista modificou a legislação e fez tudo para defender os seus homens e a prova é esmagadora: penso que Paulo Pedroso devia ter ido a julgamento e mais penso que Ferro Rodrigues e Jaime Gama deviam ter exigido ser julgados porque só a prescrição dos factos que lhes foram imputados é que permitiu que não o fossem», acrescentou José Maria Martins.

O advogado explicou que «o que os jovens disseram no processo em relação a Carlos Cruz, Carlos Silvino e Paulo Pedroso também disseram em relação a Ferro Rodrigues e Jaime Gama». (...)


Pois é...

"Empanturrados" até à saciedade pelas reportagens televisivas, já todos tínhamos reparado que no grupo dos facínoras faltava muita gente - quiçá bem mais culpada do que estes e que só ali não esteve, pelas razões que todos conhecemos!

Só os ingénuos é que ainda acreditam que em Democracia, a Justiça é igual para todos...

Em Democracia talvez, mas não nesta democracia geneticamente manipulada!

Como escrevi noutra altura, existia no nosso subconsciente uma vaga esperança de que a condenação destes viesse a provocar a sua revolta soltando-lhes a língua relativamente ao muito que sabem sobre os outros, mas também sabemos que os Recursos que todos já anunciaram, ficam muito caros e vão ter de ser pagos por alguém: precisamente pelos outros!

publicado às 14:13

A CADEIRA VAZIA...

Para quem teve hoje (alguma) paciência para seguir de relance o início dos procedimentos relativos à leitura sentença do chamado Processo Casa Pia, ficou mais ou menos claro que esta "sentença", mais não é do que o primeiro degrau da escada que se segue e que os arguidos não vão de forma alguma prescindir de subir.

Aliás, lendo nas entrelinhas de algumas declarações dos mesmos ou dos respectivos defensores, a fase que hoje terá início, é mais um lanço dos muitos outros que a escada inevitavelmente terá - até à prescrição final...

É que ninguém já tem dúvidas de que a maioria dos arguidos tem patrocinadores com fôlego financeiro suficiente para esticar a corda até ao último milímetro do se alcance possível e "quem tem amigos não morre na cadeia" - sobretudo se esses amigos, seguramente poderosos e bem colocados, tiverem tudo a perder se deixarem de ser amigos!

Apesar de tudo, o dia de hoje tinha de ser vivido e é preferível que a ignomínia que significará a fuga ao cumprimento de qualquer pena pelos crimes cometidos, seja adiada para a próxima instância.

Portanto, pode-se concluir que no meio da raiva geral e da repulsa que o cidadão comum hoje não consegue deixar de exteriorizar, as expectativas são baixíssimas relativamente à Justiça final, sendo que a raiva aumenta quando através das reportagens conseguimos ver no lote dos criminosos, uma cadeira vazia que nos entra pelos olhos dentro!

Apesar dos tais amigos poderosos que todos têm e de que já falamos, o dono da cadeira vazia tinha-os mais poderosos que os seus "pares".

Hoje tem razão para repetir os festejos que fez quando foi libertado da prisão preventiva - ou talvez não, que o risco de algum dos "condenados" poder perder as estribeiras e "botar a boca no trombone" não pode ser totalmente descartado...


PS: Porque às vezes é bom relembrar o que já escrevemos sobre o assunto, aqui vai um recorte de um post que publiquei em 16 de Maio de 2009:

"Recebi hoje um comentário de blogueoliveiramartins a um dos meus post - As "ASPAS" DA DEMOCRACIA - publicado aqui e também aqui.

Ora bem... vamos lá esclarecer algumas dúvidas:

Eu critico - às vezes apetece-me mesmo zurzir - esta "democracia" que aceita ser controlada por "democratas" como Sócrates, Jaime Gama, Paulo Pedroso, Ferro Rodrigues e outros, que por cá andam, já andaram, ou pensam ainda andar e que deixam sempre atrás de si um odor tão intenso de "Freeport", "Cova da Beira" "Pedofilia" que os topamos à distância! (Antes que me esqueça, quero aqui deixar bem destacado o necessário "Disclaimer": não os acuso de nada porque não tenho provas que me permitam fazê-lo e mesmo que acusasse, seriam sempre inocentes até prova em contrário, com a respectiva condenação e trânsito em julgado, blá, blá, blá...)"

publicado às 13:57

PENITÊNCIAS - PARA QUEM AS MERECE!

Papa apela à penitência perante pecados da Igreja
O Papa Bento XVI admitiu esta quinta-feira que perante "os ataques do mundo", os cristãos devem fazer penitência pelos seus pecados.


Mau!

Mas quais cristãos e quais pecados, ou o "diabo a quatro"!

Eu cá, não vou fazer penitência nenhuma e também não concordo com penitências dessas cá em casa!

Por aqui, somos todos gente com mentes saudáveis e nunca deturpamos o verdadeiro sentido das palavras de Cristo quando disse "deixai vir a mim as criancinhas".

A nossa forma de gostar de criancinhas - e gostamos de facto muito - não é social nem legalmente condenável e mesmo que metêssemos Cristo no assunto Ele não teria nada a apontar-nos - nesse campo, obviamente, que em tudo o resto, pecamos como toda a gente!

Por isso, acho muito bem que façam penitência, mas para que "não pague o justo pelo pecador" convém "chamar os bois pelos nomes"!

publicado às 16:26

GOVERNO DE "PUXA-SACOS"!

Li AQUI que vai haver tolerância de ponto no próximo dia 13 de Maio... Não! Não é por ser o primeiro dia da primeira das "aparições" de Fátima! Tampouco tem a ver com qualquer tradição de honrar as visitas de Chefes de Estado mais ou menos ilustres, com a concessão de um dia de descanso aos funcionários públicos - ainda que neste caso, o visitante ilustre seja o Chefe da toda poderosa Igreja Católica! Aliás, se nos cingirmos a este enquadramento específico - a visita de Ratzinger - vislumbro por parte deste governo de pseudo-laicos, um tratamento estilo "puxa-sacos" verdadeiramente deplorável e ainda por cima, de injustificado privilégio relativamente a outros Papas que nos honraram com a sua visita.

Esperemos ao menos que a contribuição que o governo em bicos de pé anuncia "à Cidade e ao Mundo", sirva - por linhas travessas - para engrossar o número de vozes críticas que seguramente se farão ouvir à passagem deste Papa que assiste a uma das maiores crises que a sua Igreja alguma vez já viveu num silêncio pusilânime - ou pior, lamentavelmente cúmplice.

Como aconteceu com Pedro - "(Mt 26:74-75) Então começou ele a praguejar e a jurar, dizendo: Não conheço esse homem. E imediatamente o galo cantou. Então Pedro lembrou-se das palavras que Jesus lhe dissera: Antes que o galo cante, três vezes me negarás." - também este Papa, sempre que se recusa a ouvir os gritos das vitimas da pedofilia no seio da Igreja, sempre que, ainda que por simples omissão contribui para aumentar a revolta que ameaça a solidez dos seculares alicerces da igreja de Cristo que jurou defender, está a negar esse mesmo Cristo...

Pode ser que no próximo dia 13 de Maio, interrompendo os discursos de circunstância que o Papa irá proferir e que seguramente irão omitir o PROBLEMA do momento da sua Igreja, ouçamos - límpido, provocador, desalinhado do contexto - o canto estridente de um qualquer galo do nosso burgo

publicado às 20:53

D. TARCÍSIO BERTONE DIXIT...

 

D.Tarcísio Bertone é "só" o número dois do Vaticano e essa posição na hierarquia deveria remetê-lo obrigatoriamente para um registo mais responsável, mais comedido, menos desbocado e mais de acordo com os reais interesses da grande massa de católicos espalhados pelo mundo inteiro que neste momento se sentem aviltados e desonrados com o comportamento de uns quantos no seu seio, que valendo-se de uma posição privilegiada no interior do redil a usaram para atacar as ovelhas mais frágeis do rebanho.

Com as declarações proferidas, D. Tarcísio preferiu o papel do pirómano ao do bombeiro eficiente e responsável que tenta por todos os meios ao seu alcance, minimizar os danos e controlar o alastramento do incêndio que já atinge vários continentes.

As suas palavras insensatas, longe de funcionarem como agente retardador, assemelham-se mais ao balde de gasolina despejado na periferia do incêndio no sentido de promover o seu alastramento a áreas ainda não atingidas.

Numa fase em que os meios terrestres ainda acreditavam ser possível evitar que os vários focos se pudessem transformar em catástrofe eis que surge D. Tarcísio, qual dragão lança-chamas, a pôr tudo em causa!

Por este andar, ou os católicos fazem como os congressistas do PSD impondo a lei da rolha a alguns dos seus dirigentes mais incontinentes, ou não irá demorar muito até que o incêndio seja declarado como incontrolável...

Claro que existe sempre a possibilidade de os católicos que não se revêem neste tipo de comportamentos, solicitarem a intervenção dos "meios aéreos" controlados pelo Bombeiro-Mor. Se isso vier a suceder, esperemos que Ele não se limite a apagar o incêndio e apague também os incendiários - para prevenir de vez os mais que prováveis reacendimentos...

 

publicado às 15:10

MAQUINAÇÕES...

 

D. José Saraiva Martins DIZ que há uma maquinação (refere-se às denúncias que têm vindo a público sobre a pedofilia no seio da Igreja)...

É bem capaz... Ou melhor, tenho a certeza que há, só que por parte dessa mesma Igreja, no sentido de branquear e/ou encobrir os crimes praticados - alguns bem hediondos, por envolverem crianças desprotegidas. E quem os cometeu, foram precisamente aqueles que mais obrigação tinham de as proteger.

Gente importante na hierarquia da Igreja, sabia e não fez nada - ou pior, fez tudo para proteger os criminosos e quem sabe até, permitir-lhes com o seu silêncio cúmplice que pudessem continuar a praticar os crimes que agora vêm à luz do dia. Nem o Papa Ratzinger escapa à ignomínia da maquinação que protegeu esse vergonhoso silêncio!

Por isso eminência, usou o termo certo, mas errou o alvo: a maquinação existe, mas está do "outro lado" - o seu, precisamente!

publicado às 19:11

A "DESCANONIZAÇÃO" É POSSÍVEL?

Tribunal de Instrução decide não levar a julgamento jovens processados por Pedroso

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu não levar a julgamento seis jovens que foram processados pelo ex-deputado socialista Paulo Pedroso por alegada difamação e falsidade de testemunho no julgamento do caso Casa Pia, disse hoje à Lusa fonte ligada ao processo.


A ver se entendo:

- Os jovens - vítimas de pedofilia no Processo Casa Pia - envolveram desde início o deputado Paulo Pedroso neste tenebroso processo na sequência do qual ele foi mantido vários meses em prisão preventiva.

- Numa decisão de contornos mais que duvidosos - para a opinião pública, pelo menos - PP foi ilibado pela Juíza Ana Teixeira (tendo depois sido aclamado (e quase "canonizado") pelos seus pares naquela cerimónia verdadeiramente deprimente e chocante na Assembleia da República) após a sua saída da prisão.

- Interpôs de imediato uma acção por difamação, falsidade de testemunho e denúncia caluniosa, contra os referidos jovens, acção que foi mandada arquivar pelo DIAP de Lisboa.

- Requereu então a abertura de instrução do processo e foi na sequência dessa acção que o TIC de Lisboa veio agora tomar a decisão de não levar a julgamento os referidos jovens, em virtude de "não haver indícios que permitam concluir que os jovens prestaram falsos testemunhos contra Paulo Pedroso quando foram ouvidos em sede de julgamento".

Alguém me responda então (como se eu fosse um simples cidadão comum sem cartão do PS):

Se os jovens não prestaram falsos testemunhos contra Paulo Pedroso, ele não deveria estar como todos os restantes acusados no processo de  pedofilia a enfrentar a Justiça e não a representar o Povo na Assembleia da República?

Mas claro que esta (minha) dúvida só faria realmente sentido, se não estivéssemos no "Portugal de Sócrates" e se não existissem no nosso sistema de Justiça juízes como Ana Teixeira...

Será que depois disto a acção interposta por "São" Paulo contra o Estado pedindo uma indemnização choruda pela prisão preventiva "ilegal" ainda tem pernas para andar?

 

publicado às 10:59

A JUSTIÇA E A "JUSTIÇA DOS TRIBUNAIS"...

Caso Rui Teixeira: Juiz António Martins considera acusações "falsas" e "lamenta" postura de quarta figura do Estado

LUSA - 19 de Outubro de 2009, 17:54


Disclaimer (termo de responsabilidade): O que vou escrever a seguir, não pretende ser uma acusação contra quem quer que seja e as referências que aparecem neste post a pessoas concretas do mundo da política, faço-as unicamente como se monologasse em voz alta, não se destinando à partida a serem lidas por quem quer que seja. Se alguém as ler e as reproduzir, fá-lo por sua conta e risco"


Ora bem, vamos lá então falar comigo próprio: Paulo Pedroso, Deputado do PS, foi acusado e esteve preso, porque existiam contra si indícios muito fortes da prática de um tipo de crime dos mais abomináveis  - daqueles que merecem a maior reprovação social. O Juiz Rui Teixeira, que foi quem formalizou a respectiva ordem de detenção, é um magistrado com provas dadas. Basta ver a classificação que lhe foi atribuída - a tal que se encontra congelada - e não passa pela cabeça de nenhum português não vinculado aos interesses instalados, que a ordem de detenção não fosse suportada por factos concretos devidamente carreados para o processo.

O que acontece, é que ao contrário dos outros arguidos, Paulo Pedroso tinha amigos muito fortes no Aparelho de Estado, tinha um irmão advogado, também ele muito bem colocado e "quem tem amigos não morre na cadeia". Por exemplo, está ainda por explicar, porque é que um determinado exame físico para confirmar ou não a existência de um sinal comprometedor num determinado sítio do corpo, sempre foi recusado por ele enquanto esteve preso. Depois de ter sido libertado com base na insuficiência de provas, na falta de nitidez de uma fotografia a preto e branco (!) e daquela "palhaçada" da sua recepção em apoteose no Parlamento - verdadeiramente lamentável - aceitou passado algum tempo fazer o tal exame físico... Há algum cirurgião Plástico por aí que possa explicar em abstracto o que é que pode ser feito numa situação deste tipo? É evidente que Paulo Pedroso (bem como outros actuais e ex-políticos - que por aí andam "não acusados") para a esmagadora maioria dos portugueses, continua a ser um pedófilo (não condenado) e o Juiz Rui Teixeira continua a ser um excelente Juiz com nota congelada!

Agora que essa figura com ar sinistro, que me faz lembrar os Juízes do tempo dos Tribunais Plenários e que é a quarta figura da hierarquia de Estado venha tentar branquear a injustiça cometida com o congelamento da referida avaliação, atirando para o ar eventuais maquinações com interesses eleitoralistas por parte do Juiz António Martins a propósito das criticas que fez à retenção da nota de avaliação de Rui Teixeira, já é demais!

Razão têm os portugueses para descrerem cada vez mais da nossa Justiça: Com um ministro da dita, que é a nulidade em pessoa, com Órgãos de topo da mesma, como o Supremo Tribunal e o Conselho Superior da Magistratura, com o funcionamento dos Tribunais, com o acesso ao mesmos, condicionado (pela capacidade económica de cada um) como poderiam eles pensar de outra forma?

publicado às 19:52

UM PAÍS DOENTE...

Casa Pia
Jaime Gama volta a perder processo de difamação
O Tribunal da Relação de Lisboa deu razão ao ex-aluno da Casa Pia acusado por Jaime Gama de difamação, no âmbito de um recurso interposto pelo presidente da Assembleia da República depois de já ter perdido o processo em Junho do ano passado - SOL hoje

Deixa-me cá ver se percebo: A segunda figura da Nação (convém não esquecermos que é ele que substitui o PR em caso de ausência ou impossibilidade) perdeu - pela segunda vez - um processo por difamação contra o antigo aluno da Casa Pia, quando foi acusado por este, de pedofilia - acusação que também envolvia o embaixador Ferro Rodrigues e o "embaixador" Jorge Rito...

O Tribunal considerou improcedente o recurso de Jaime Gama - o que, por exclusão de partes, atribui consistência ao testemunho do jovem? É só para perceber...

O que vale, são as "santas" prescrições, senão tínhamos que começar a construir celas VIP nas nossas melhores cadeias!

Assim vai o País...

publicado às 20:51

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D