Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

TODOS SOMOS IGUAIS, MAS UNS SÃO 'MAIS IGUAIS' QUE OUTROS...

Captura de ecrã 2015-11-2, às 12.16.28.png

 

Notícia completa AQUI 

________________________________________________________________________________________________

 

À cabeça coloco já o conveniente 'disclaimer':

 

"Até prova em contrário o deputado da Nação Miguel Santos deverá ser considerado um abstémio puro e tudo poderá girar á volta de mais uma das muitas campanhas do maléfico Correio da Manhã, para fingir que afinal não ataca só o ex primeiro-ministro José Sócrates.

Ou então tudo não passará de uma pequenina vingança do polícia que registou a contravenção como consequência das malfeitorias de Miguel Santos e respectiva maioria na Assembleia da República contra os reformados, os funcionários públicos, as forças da ordem e os portugueses de um modo geral. Não será até de excluir a hipótese do referido polícia ter rapado do bolso de forma sub-reptícia uma daquelas miniaturas de bebidas espirituosas e ter aspergido a fatiota do deputado de forma comprometedora para depois poder alegar que 'cheirava a álccol'.

________________________________________________________________________________________________

 

Colocada esta delimitação de responsabilidade, impõe-se a meu ver e só - porque excluída sequer a hipótese de Miguel Santos ser consumidor de álcool - saber o que é que um deputado da Nação fazia às 05h05 da madrugada de Domingo na Avenida do Brasil (zona da Foz) a conduzir de forma irregular uma moto e sem documentos da mesma.

 

Já quanto à recusa de fazer o 'teste do álcool' ela é perfeitamente natural, digo eu. Um deputado não é um cidadão comum que possa ser obrigado por 'dá cá aquela palha' a fazer aquilo que ao cidadão comum se exige. 

 

Recorrendo a esta analogia que é do mais elementar senso comum, um deputado da Nação 'confecciona' leis, logo, está isento de as cumprir da mesma forma que num qualquer restaurante não se obriga o cozinheiro ou os seus auxiliares a pagarem as refeições que ingerem enquanto estão de serviço e um deputado da Nação está permanentemente em serviço. Mesmo no bordel  mais xunga ou na mais sofisticada das discotecas existem eleitores ávidos de serem contactados.

 

E pronto, acho que a partir daqui virará asneira 'gastar mais cera com tão fraco defunto'... 

 

 

 

 

 

publicado às 12:14

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D