Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO DO NOSSO DESCONTENTAMENTO - A 'ATÍPICA' REUNIÃO DE CAMARA...

20141218_160735.jpg

Hoje foi dia de reunião pública de Câmara - de uma inimaginável e 'atípica' reunião de Câmara, melhor dizendo...

 

Costuma dizer o nosso Povo que "aquilo que nasce torto tarde ou nunca se endireita" e o mandato deste executivo camarário nasceu claramente, digámo-lo de uma forma suave, pouco direito.

Agendas mal preparadas, assuntos que vão a reunião de Câmara e depois são retirados 'estrategicamente' para não correrem o risco de serem chumbados, impreparação lamentável por parte da liderança e respectivo staff, de tudo isto um pouco tem sido testemunhado pelo abnegado Público ao longo deste ano e picos de mandato e que mais parece já um século, tal a vontade de mudança que começa a despontar nalgumas mentes mais inquietas.

Bem, relativamente ao Público, importa referir que começou por encher o Salão Nobre em dias de reunião de Câmara, mas continuamente desrespeitado relativamente ao cumprimento de horários - desde o início deste mandato, o atraso médio verificado é seguramente superior a uma hora e hoje foi um bom (mau) exemplo disso - tem vindo a decrescer de forma contínua e não tardará muito, teremos nestas reuniões apenas 'os nove' mais uns raros resistentes de sempre, para além dos conhecidos "batedores de palmas" da claque de apoio ao presidente...

 

A reunião de hoje não fugiu à (lamentável) regra, mas para além disso foi também uma reunião de derrotas lamentáveis para o presidente:

 

Destaques:

 

- Foi obrigado pela oposição e a Requerimento do vereador Adriano Ribeiro, a retirar da Ordem de trabalhos o ponto relativo à aprovação da versão final do PDM. Foi demasiado perceptível a dimensão do seu incómodo, pela forma como reagiu ao incidente.

Logo hoje em que se tinha assessorado da equipa do PDM+ (o "+" resulta da inestimável colaboração do arquitecto Vítor Sá para dar uma ajudinha) equipa presente 'ao fundo à direita' no sentido de quem está de frente para a mesa.

Goradas foram também as expectativas de uns conhecidos interessados - por razões mais que óbvias - nas questões financeiras do PDM.

A saber: actual e anterior presidentes da Junta de Freguesia de Alfena, mais um vogal da mesma e ainda  o adjunto/colaborador directo do arquitecto honoris causa de Alfena Camilo Moreira.

Mal o assunto foi retirado, foram-se todos embora. Afinal estavam ali mesmo só por causa das 'implicações financeiras' que o PDM ajudará a resolver e nem tentaram disfarçar!

 

- Pelo meio, ficou ainda a derrota da proposta da Câmara visando a contratação - leia-se renovação do contrato com o escritório de Ricardo Bexiga - de serviços jurídicos por ajuste directo.

Tanto que José Manuel Ribeiro discorreu há um ano atrás sobre a 'inovação' do seu executivo em ter optado por um concurso público!

 

- E como não há duas sem três, o presidente viu também ser derrotada a sua proposta de 'derrama' sobre as empresas, vendo-se obrigado a seguir as regras da oposição que se uniu numa proposta com um impacto mais moderado para as empresas, num momento que não é fácil para a subsistência das mesmas.

 

Dirão alguns que as batalhas foram feitas para serem ganhas ou perdidas e que quem luta com denodo e abnegação sairá sempre a ganhar, quanto mais não seja, moralmente. Não foi o caso das derrotas de hoje...

 

Nas perguntas do Público - eu próprio apenas, uma vez que dois outros inscritos se cansaram de esperar - quatro questões:

 

- Detalhes do eventual protocolo com a Associação 'EducaSom' relativamente à organização da 'Feira Natal' em Ermesinde, bem como os montantes envolvidos:

Resposta do presidente: "ao contrário de Valongo que contou com a 'prata da casa em Ermesinde houve que recorrer a esta conhecida Associação - o termo  'conhecida' é da responsabilidade dele - mas não há nenhum protocolo" - leia-se que foi tudo por ajuste directo e segundo dizem por um valor redondo bastante interessante...

 

- Porque não foram enviadas a todos os munícipes que reclamaram sobre o PDM em período de discussão pública, respostas escritas, ao contrário do que sempre foi garantido que seria feito e ao contrário também do que foi afirmado ao vereador Adriano Ribeiro na penúltima reunião de Câmara. As três Associações (Coragem de Mudar, Al Henna e 'Nove de Paus') que organizaram aquele debate em Alfena que contou com a presença do Dr. Paulo Morais e onde o próprio presidente esteve presente também, apresentaram reclamações e as mesmas não foram respondidas.

Resposta do presidente: "eu acho que respondemos a todos, mas se me disser de alguém a quem não o tenhamos feito..."

 

Pois... agora já sabe!

 

- Informação sobre uma diligência inspectiva num caso de ilegalidade urbanística em Valongo e que a Câmara já deveria ter promovido há muito.

Resposta do presidente: "Já temos o acordo do advogado do reclamado e agora já podemos aceder ao local"

 

Pois... mas isso já nós sabemos há semanas!

 

- Para quando prevê o senhor presidente dar resposta a um Requerimento que lhe remeti em 14 de Novembro, no sentido de me conceder uma audiência para tratar de um 'assunto específico de âmbito pessoal'.

Resposta: "Tenho uma agenda muito pesada em termos de pedidos de audiência e o seu caso entrará na fila para ser recebido logo que possível".

 

Pois... já estou sentado - à espera!

 

E foi (mais ou menos) assim que as coisas se passaram, na 'atipica' reunião pública da Câmara de Valongo  que hoje teve lugar...

 

 

 

 

 

publicado às 20:21

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D