Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO DO NOSSO DESCONTENTAMENTO - A GRANDE LATRINA...

Captura de ecrã 2016-02-26, às 00.51.38.png

 

Acho que já disse vezes suficientes que no que toca à construção da plataforma logística da Jerónimo Martins em Alfena, seria injusto - incorrecto mesmo - tentar envolver o investidor e aqueles que são os seus legítimos interesses, no lamaçal imenso de corrupção e favorecimento ilícito que paira sobre aquela vastidão de terrenos anteriormente REN e RAN - que alás, só parcialmente são ocupados pela dita plataforma.

O investimento da Jerónimo Martins é portanto benvindo a Alfena e só a forma como o actual presidente da Câmara aderiu aparentemente de forma voluntária e até mesmo entusiástica - existe sempre a hipótese académica de essa adesão lhe ter sido imposta - à corrupção que tanto criticou nos mandatos anteriores - a expressão 'faroeste urbanístico' paga direitos de autor a José Manuel Ribeiro - compromete de forma irremediável a fotografia.

 

Jerónimo Martins podia estar à mesma a construir a sua plataforma logística e a criar as tais centenas de postos de trabalho líquidos que apregoa, porém, em terrenos expropriados pela Câmara à Novimovest/Santander pelo preço que os adquiriu em 2005 aos anteriores proprietários de forma manhosa escondendo o famoso 'documentozinho de José Luís Pinto', vereador do Urbanismo de Fernando Melo.

Podia?

Poder até podia - e se calhar até ganharia com isso - mas não seria a mesma coisa...

 

(Parêntesis para fazer uma pergunta de mera retórica que aparentemente nada tem a ver com este assunto: alguém sabe como são financiados os grandes partidos políticos, sobretudo as suas campanhas exibicionistas, as arruadas, os  'outdoores' plantados em tudo que é canto e esquina nos principais acessos das grandes áreas urbanas)?

 

Mas voltando ao assunto, a Jerónimo Martins está portanto - e sem ironia - livre de pecado relativamente à nossa lamentável corrupção doméstica. Quem tiver as mãos sujas terá de as lavar à sua conta e sem ajudas o que até será bom para os negócios do grupo que assim poderá potenciar as vendas de detergente em doses industriais.

 

Agora um assunto com o qual o senhor Alexandre (Soares dos Santos) se deverá preocupar é o que tem a ver com o perigo que os alfenenses da parte baixa da nossa cidade correm de se afogar em fluidos biológicos ou matéria fecal 'produzidos' pelos vossos colaboradores.

 

Eu explico:

 

No contrato de urbanização celebrado com a Câmara e submetido à CCDR-N, uma das condições impostas por aquela Entidade para o início da laboração do equipamento é estar construída uma ETAR em Sobrado.

Alguém me sabe dizer em que ponto está este assunto?

 

publicado às 00:07

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D