Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO E A 'REGRA DE TRÊS SIMPLES'...

Captura de ecrã 2017-10-17, às 11.43.30.png

 

A Câmara de Valongo vai ter 6 vereadores (em 9) a tempo inteiro - o total dos que constituem a absoluta maioria de José Manuel Ribeiro.

 

(Notícia de ontem do Jornal Verdadeiro Olhar).

 

Mesmo antes de saber que se "sentariam todos à mesa do Orçamento" eu já tinha escrito que eles eram 6 boas razões para não haver desculpas para não se fazer o que faz falta em Valongo - e em Alfena.

 

Antes de pensar em fazer coro com os muitos que começam a soltar o habitual "é fartar vilanagem" e a bem de algum rigor de cuja falta alguns persistem em me acusar (!) vou fazer umas contas muito simples - eu ainda sou do tempo em que os miúdos saíam do ensino básico a saber trabalhar com uma 'regra de três simples'...

 

Vejamos então se 6 é um número elevado ou nem por isso...

Enunciado:

RPBAC (ver aqui) 10 246 164 ......  61 (ver aqui)

MSJMR (ver aqui) 93 858..............  x

 

Obs:

Nesta fórmula e quer em relação ao Govêrno quer à Câmara, não entrei em linha de conta com os adjuntos, assessores e respectivos adjuntos e assessores mais os chefes de gabinete nem com o cão, o gato e o piriquito de todos eles...

 

Legenda:

- RPBAC: República Portuguesa das Bananas de António Costa

- MSJMR: Município do Subúrbio de José Manuel Ribeiro

- x: número de vereadores a tempo inteiro

 

Resultado:

= 93 858 x 61:10 246 164 = 0,55...

 

Ou seja...

 

Como o presidente não pode ser cortado ao meio Valongo ficaria apenas com ele a tempo inteiro...

 

Conclusão:

Junto-me ao grupo dos que gritam "é fartar vilanagem"!

 

(Sendo que o Povo quis, o Povo tem e o Povo (que dorme) merece!

 

 

publicado às 10:21

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D