Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO E OS 'EMPLASTROS'...

Novas regras para o acesso a acordos de parceria com a Câmara precisam-se!

 

Que fique claro! Antes que alguém comece a tirar inconvenientes conclusões, isto não é nenhuma crítica velada ao presidente eleito da nossa Câmara, cujo executivo tem apenas cerca de 3 meses de trabalho. Para fazer o que é preciso, 3 meses não são nada e até mesmo um mandato inteiro não vai ser suficiente!

 

Mas começo a desatinar com a desfaçatez de alguns emplastros que esquecendo configurações passadas começam a abusar na tentativa de assédio ao centro do poder!

 

Seja porque lhes 'falta o ar' no microclima local - é o caso de Arnaldo Soares de Alfena' - seja porque o negócio exige que se 'engulam sapos' - é o caso da ADICE de Maria Trindade Vale, entre muitos outros - a verdade é que rapidamente constatamos o engrossar da 'procissão' dos novos convertidos (?) ao novo rito na forma de 'celebrar' o poder em Valongo.

 

Compreendendo embora que a Câmara não possa de forma abrupta cortar todos aqueles protocolos e parcerias que não decorram estritamente da Lei, a verdade é que rapidamente terá que começar a condicionar os mesmos a contratos-programa claros e a exigir 'à cabeça' que aqueles que se chegam à mesa comum, cumpram também eles - no mínimo - as mesmas regras de transparência e boas práticas que a Câmara está a implementar.

 

Confinando-me aos dois exemplos atrás indicados, nem a Junta de Freguesia de Alfena nem a ADICE merecem NENHUMA abertura por parte da Câmara!

 

E dou exemplos:

 

- Arnaldo Soares e o executivo da Junta mantêm bloqueado o acesso livre dos alfenenses a toda a informação relevante, incluindo a da própria Assembleia de Freguesia de Alfena;

 

- A professora Manuela e a Ava (Associação Viver Alfena) uma IPSS que é como todos sabemos, um apêndice da própria Junta, mantêm esta instituição perfeitamente hermética e bloqueada a qualquer tipo de escrutínio, quer por parte dos cidadãos em geral que contribuem com os seus impostos para a manter, quer dos próprios associados e contribuintes directos. Não se conhecem Relatórios de Contas, composição ou alterações a nível dos Órgãos Sociais, relatórios específicos sobre o volume de ajudas recebidas, destino das mesmas, número de beneficiários incluídos em programas de apoio;

 

- Maria Trindade e a ADICE fazem igual em Valongo e Ermesinde, sendo que neste caso o problema é bem mais grave dada gigantesca e tentacular estrutura de negócios em que a ADICE se transformou.

 

Querem ser parceiros da Câmara? Muito bem! Então pelo menos, imitem o parceiro no que às regras de transparência diz respeito!

 

Em Valongo e neste novo ciclo de governação que se iniciou depois de 29 de Setembro de 2013, vai sendo tempo de se bloquear o acesso à 'ribalta' dos emplastros do costume, travestidos com 'trajes garridos e progressistas' sob os quais porém se adivinha, na pressa do aperaltar, o detalhe da 'fralda' ou da t-shirt com as cores comprometedoras do passado recente!

 

publicado às 12:15

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D