Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO - 'ESTADISTAS', 'SALOIOS ESPERTOS' E OUTROS 'INVERTEBRADOS'...

Captura de ecrã 2018-07-11, às 14.46.06.png

 

Parabéns Dr. José Manuel Ribeiro (presidente da Câmara de Valongo)!

Lamento ter de 'dar a mão à palmatória', mas ao lado do 'seu' presidente da Assembleia Municipal (Dr. Abílio Vilas Boas Ribeiro)  você é um estadista!

________________________

 

Em 2014 requeri ao presidente da Câmara Municipal de Valongo um conjunto de documentos relevantes relacionados com a fase final de revisão do PDM.

José Manuel Ribeiro, sabendo embora que esses documentos eram públicos e que eu tinha integral direito a consultar os mesmos - presumo que terá consultado os Serviços Jurídicos da Câmara nesse sentido - entendeu pedir um parecer à CADA (Comissão para o Acesso aos Documentos Administrativos).

Esta Comissão deu-me inteira razão e no seguimento dessa posição o Dr. José Manuel Ribeiro mandou - no limite do prazo imposto pela Lei - entregar em minha casa - eram cerca das 21 horas de uma sexta-feira - quase 1 Kg de papel.

(Escrevi sobre isso AQUI e ainda AQUI)

 

E é neste ponto que o Dr. José Manuel Ribeiro, ganha aos meus olhos a verdadeira dimensão de estadista em comparação com o Dr. Abílio...

 

Na sequência da sessão pública descentralizada da Assembleia Municipal (em Alfena) e que descrevi AQUI - requeri ao Dr. Abílio Vilas Boas Ribeiro, (pouco) digníssimo presidente deste Órgão deliberativo e primeiro na hierarquia municipal, o acesso às gravações desta sessão.

É minha intenção transcrever integralmente o que (de lamentável) se passou na mesma.

 

O Dr. Abílio pediu parecer aos serviços Jurídicos da Câmara - segundo ele "as gravações não são um documento administrativo mas apontamentos para redigir a acta" - e estes consideraram ser meu direito aceder às respectivas gravações (!).

Insatisfeito, consultou a Comissão de representantes (maioria PS) e evidentemente e como seria expectável, estes acharam que eu não tinha esse direito (!).

 

Decidiu por isso o senhor presidente da AMV solicitar um parecer à CADA - mais uma vez o expediente da CADA para protelar o cumprimento da Lei... - que em tempo recorde emitiu posição contrária e considerou - eu nunca tive dúvidas! - ser meu direito o acesso às referidas gravações.

 

É neste ponto que se destaca a completa ausência de dignidade e sentido de responsabilidade do presidente da AMV, Abílio Vilas Boas - em comparação - mais uma vez o realço a contragosto - com o presidente da Câmara José Manuel Ribeiro.

 

Para Vilas Boas Ribeiro a CADA "não manda" pelo que decidiu - e cito a conversa telefónica (muito) desagradável que tivemos há pouco - "consultar de novo a Comissão de representantes (agendada para o dia 18 de Julho) antes de emitir uma posição" sobre o assunto - fim de citação!

 

Pelos vistos, Luis XIV de França (o famoso Rei-Sol) tem um novo sósia em Valongo...

 

O Dr. Vilas Boas Ribeiro sabe (já alguém lho terá dito seguramente) que existe (sempre) a possibilidade de recorrer ao TAF de Penafiel para uma "Intimação para entrega de documento legalmente exigível". Só que a mesma será seguramente prejudicada com o início das férias judiciais, pelo que esta 'foleira' artimanha (só) visa conseguir protelar o mais possível a divulgação dos lamentáveis posicionamentos do PS valonguense contra Alfena.

 

Não faz mal. Mais cedo ou mais tarde, o assunto relacionado com a 'tenebrosa' noite de 3 para 4 de Maio verá a luz do dia - para espanto de todos e também dos muitos socialistas honestos - que também os há, mesmo em Valongo! 

__________________

PS: Admito que para alguns menos atentos ao 'fenómeno valonguense' sobre o qual muito tenho escrito e por causa do qual tive até de enfrentar a Justiça - felizmente com êxito - pareça algo extremada a forma como me refiro ao Dr. Abílio Vilas Boas Ribeiro.

A verdade, é que eu reajo sempre muito mal quando tentam fazer de mim uma pessoa destituída de inteligência suficiente para perceber à partida quando estou perante alguém intelectualmente desonesto!

(É uma conhecida piadola, mas não encontro outra forma mais explícita de deixar bem clara ao Dr. Vilas Boas Ribeiro a minha posição: 'não sou uma rotunda para me tentar 'dar a volta' - que basicamente foi o que hoje tentou fazer no tal telefonema!)

O presidente da AMV é - para mim, evidentemente - alguém completamente destituído daquele mínimo de dignidade que se exigiria para o exercício de funções tão elevadas como são as de presidir ao Órgão deliberativo de Valongo!

 

 

 

publicado às 13:12

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D